Uma obra na Torre de TV do Parque Olímpico foi embargada parcialmente pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Rio de Janeiro, relacionada ao Ministério do Trabalho e Emprego. Além desta, outras obras foram interditadas na Vila dos Atletas, e outros locais do Parque Olímpico, que ficam na Barra da Tijuca e Zona Oeste da cidade. Mais de trinta empresas estão sendo fiscalizadas.

Os problemas encontrados são: trabalhadores com ausência de vínculo empregatício, problemas de segurança e falta de condições de trabalho.

A Fundação Geo-Rio, em nota, afirmou que cuida da fiscalização das áreas da Vila dos Atletas, sob responsabilidade da empresa Erwil, e que já informou para a construtora acatar imediatamente as providências de segurança, que foram solicitadas pelo Ministério do Trabalho.

Publicidade
Publicidade

Foram isolados dois pontos de escavação no terreno, e será feita uma reunião para definir os ajustes necessário para que o andamento das obras não seja prejudicado. Nos outros locais do terreno, as obras seguem normalmente, segundo a prefeitura.

Já na Torre de TV do Parque Olímpico faltava proteção para os trabalhadores, explica o superintende das obras.

O MTE afirma que o embargo pode implicar na paralisação total ou parcial de uma obra. Já no caso da interdição, é a paralisação total ou parcial do estabelecimento, máquina ou equipamento e setor de serviço.

Representante da Rio 2016 garantem que todas as exigências já estão sendo cumpridas e os problemas sendo corrigidos, e, na manhã desta segunda-feira (9), chefes do comitê foram até o MTE solicitar o desembargo da obra no Parque Olímpico.

Publicidade

Entre janeiro de 2015 e março de 2016, ocorreram 11 mortes de trabalhadores devido aos problemas encontrados pelo órgão nas obras olímpicas, como informa o superintendente regional do Trabalho, Robson Leite, o que motivou ao MTE a tomar as devidas ações. Doze auditores estão participando das vistorias.

Leite ainda diz que o que foi encontrado é um ‘absurdo desrespeito à segurança do trabalhador’. #Rio2016