Na última sexta-feira (13), foi lançado o Passaporte Cultural Rio. O evento ocorreu no auditório do recém-inaugurado Museu do Amanhã. O programa disponibilizará descontos e eventos gratuitos para brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil (para turistas o preço é de R$ 15) em mais de 700 programas culturais na cidade sede dos Jogos Olímpicos. Na programação constam peças teatrais, exposições, show de música, baile, dança, sessões de cinema, eventos em bibliotecas e na rua; o Passaporte Cultural terá validade deste mês de maio até setembro.

Estava presente na cerimônia de entrega do programa, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), o secretário municipal de cultura, Marcelo Calero e a diretora de cultura do Comitê Organizador Rio 20016, Carla Camaruti.

Publicidade
Publicidade

 Para participar do programa os cidadãos deverão se inscrever pelo site oficial do Passaporte Cultural (acesse copiando e colando o link em negrito no seu navegador: passaporteculturalrio.com  OU encontre o link do site oficial direto na área de comentários deste artigo).

O site do Passaporte Cultural Rio possui três versões: português, inglês e espanhol, para, assim, atender o maior número de cidadãos brasileiros e turistas que vierem ao Rio durante os Jogos Olímpicos. Também foi lançado um aplicativo para celulares com sistema operacional IOS.

O secretário de cultura, Colero, explicou que além de proporcionar cultura aos interessados em aproveitar o que a cidade carioca tem à oferecer, o Passaporte também disponibilizará desconto nas passagens de metrô a serem usadas nas atividades culturais do programa.

Publicidade

“Durante os meses que durarem os jogos, será oferecido mensalmente 50 mil bilhetes de metrô, para serem utilizados aos sábados e domingos, com o preço promocional de R$ 6,80 (ida e volta), desta forma, economiza-se R$ 1,80”, explicou. E acrescentou, “Esta iniciativa visa ajudar a população circular pela cidade durante os dias de eventos culturais que o programa realizará no Rio de Janeiro”, finalizou.

Já a diretora cultural do Comitê disse da importância do projeto, “Estamos a menos de três meses do inicio dos jogos e o Passaporte Cultural vêm como uma ferramenta fundamental para a divulgação da cultura brasileira e carioca”, disse Carla.

#Rio2016