Não bastasse a grande carga tributária que o brasileiro sofre para pagar: seja nos produtos e serviços, agora o pedágio entre o Rio de Janeiro e Niterói também vai ter aumento. 

A partir desta quarta-feira (1/6), o valor da tarifa básica do pedágio para trafegar na ponte Rio-Niterói passa de R$3,70 para R$ 4. Quando a concessionária Ecoponte venceu a nova licitação em junho de 2015, para administrar a ponte por 30 anos, estabeleceu uma redução de preço. 

Naquela circunstância, o valor da tarifa caiu de R$ 5,20 para R$ 3,70. A ponte Rio-Niterói é a principal ligação entre as cidades do Rio de Janeiro, Niterói e interior do estado.

Publicidade
Publicidade

Além de ser passagem principal para quem quer chegar à região dos Lagos e litoral norte-fluminense. 

O reajuste na tarifa do contrato da concessionária Ecoponte foi aprovado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e publicado no "Diário Oficial da União" na edição desta segunda-feira (30).

O reajuste vai impactar forte no bolso de quem passa pela ponte. De acordo com a resolução, esse aumento é de quase 10% e está ligado à variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) no período, com vista à recomposição tarifária. 

A ponte também é um fator importante para quem vem dos estados de Minas Gerais e Espirito Santo. Pode causar impacto na economia de muitos brasileiros que estão vindo para os jogos olímpicos Rio 2016. Lembrando que muitos turistas devem se hospedar na cidade de Niterói por conta do custo mais baixo e da disponibilidade de leitos.

Publicidade

Na ponte é cobrado apenas uma das duas passagens, somente no sentido Rio-Niterói. A volta é liberada de cobrança. 

Não existe nenhum tipo de sinalização sobre aumento para os próximos dias das tarifas de transporte dentro da cidade do Rio de Janeiro. O VLT, inclusive, o novo Veículo Leve sobre Trilhos, não terá cobrança de tarifa e vai ligar o aeroporto Santos Dumont à Rodoviária Novo Rio passando pelo revitalizado porto, o Porto Maravilha onde estão o Museu de Arte do Rio e o novíssimo Museu do Amanhã. #Rio2016