Em mais um ato covarde, criminosos balearam um policial militar reformado, Valdir Nobre da Silva, de 51 anos, e mais duas pessoas foram vítimas de uma tentativa de assalto em Duque de Caxias. Esta semana ladrões invadiram uma escola municipal, assaltaram alunos e professores, e apenas nas últimas 12 horas, entre os dias 15 e 16 de junho, 5 policiais foram alvejados no Rio de Janeiro.

Um vídeo postado pela equipe do jornal fluminense 'O Dia' mostra o momento da ação dos criminosos que, em uma tentativa de assalto, balearam o policial da reserva Valdir Nobre. Os criminosos tentavam assaltar um supermercado no bairro Vila Canaã, no município de Duque de Caxias, Baixada Fluminense.

Publicidade
Publicidade

O ato ocorreu na noite de terça (15 de junho).

No vídeo é possível observar que a ação é praticada por ao menos dois meliantes, os que são registrados pelas câmeras de segurança, em dado momento um dos assaltantes aponta a arma para o policial e efetua o disparo. Os criminosos chegaram até o estabelecimento em uma motocicleta por volta das 20 horas, após roubarem o mercado os ladrões ainda levaram um veículo que estava passando pelo local. 

Os ladrões conseguiram fugir da cena do #Crime. Até o momento não foi possível dizer se os criminosos praticaram outros atos em locais próximos ou se foram 'apenas' roubar aquele estabelecimento.

Valdir Nobre é morador do município de Nova Iguaçu e desde 2014 é aposentado pela PMERJ; ele trabalhou para a instituição por aproximadamente 30 anos. Valdir teria ido até o mercado para fazer compras e, após fazê-las, seguiria para a residência de um amigo.

Publicidade

Ele foi socorrido e levado para o hospital geral de Saracuruna, o Adão Pereira Nunes. Não foi informado pela direção da unidade o quadro em que se encontra o policial.

Além de Valdir, mais uma vítima da ação foi levada para o mesmo hospital, enquanto a terceira foi socorrida pela equipe do hospital Moacyr do Carmo. A Prefeitura de Duque de Caxias, através de sua assessoria de imprensa, informou que a vítima que se encontra no Moacyr terá de ser conduzida ao hospital de Saracuruna, onde será submetida à avaliação de um neurocirurgião.

#Investigação Criminal