A situação está tensa no município de Duque de Caxias. Nem mesmo a proximidade com as Olimpíadas, a chegada de reforços policiais ou dos fuzileiros navais que ajudarão no patrulhamento das vias do município, parecem ter surtido efeito. Ao menos para os moradores de Duque de Caxias na Baixada Fluminense.

Na manhã de domingo, ao sair de sua residência, o pré-candidato a vereador do bairro do Pilar, popularmente conhecido como Berem, foi executado por dois homens encapuzados. A situação da morte de Denivaldo também faz alusão a uma provável execução. Na saída do Caxias Shopping, enquanto aguardava a catraca levantar para seguir em destino a sua residência, o veículo de Denivaldo foi alvejado por pelo menos 15 disparos.

Publicidade
Publicidade

No momento do ataque e juntamente com a vítima, encontrava-se sua esposa e seu filho de apenas 8 anos. Até o fechamento desta matéria, não havia informações sobre a situação do filho de Denivaldo, mas ao que parece o menor não foi ferido no ataque, entretanto, sua mãe identificada apenas como Andreia, de 30 anos de idade, também foi baleada e encontra-se internada em um hospital próximo ao local do atentado.

A polícia segue suas investigações e ainda são desconhecidos os motivos para o #Crime. Também não foi mencionada nenhuma correlação da morte de Denivaldo com a de Berem do Pilar. Algumas gravações circulam na internet, postadas por populares, minutos após os criminosos evadirem do local, as pessoas tentaram ajudar a esposa de Denivaldo e a criança.

Duque de Caxias tem um histórico extenso de violência entre políticos ou postulantes aos cargos.

Publicidade

Em um intervalo de tempo não muito grande, um ex-deputado estadual foi atacado na rodovia Washington Luís, a mesma onde Denivaldo foi assassinado, mais recentemente e ainda esta semana, o caso 'Berem' comoveu a população de um bairro inteiro.

Os moradores e políticos encontram-se apreensivos, ninguém comenta os casos que ocorreram nas ruas e vários rumores e boatos surgem sobre as recentes mortes de candidatos do município. Agora é aguardar para saber como se dará o andamento da investigação policial e o que será concluído nesses casos. O jornal local 'Folha da Baixada' relatou que Denivaldo seria candidato a vereador e que seu reduto eleitoral era o quarto distrito do município (Xerém). #Investigação Criminal