Um intenso tiroteio causou pânico em várias pessoas em Vila Aliança, mais precisamente em Senador Camará, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Infelizmente, um cadeirante foi mais uma vítima fatal. Identificado como Vanderson de Jesus da Silva, segundo informações, ele teria sido encaminhado ainda com vida para o Hospital Albert Schweitzer, localizado no Realengo, mas não conseguiu resistir aos ferimentos e teve seu óbito confirmado pela unidade de saúde.

Vanderson é a segunda pessoa morta em menos de 24 horas vítima de bala perdida. No último domingo (10), uma diarista conhecida como Cícera Rodrigues da Silva foi baleada nas costas enquanto estava indo para missa.

Publicidade
Publicidade

tragédia aconteceu em Jardim América, Zona Norte do Rio.

Informações do caso do cadeirante Vanderson

A Polícia Militar, precisamente o comando 14° BPM (Bangu), relata que realizou uma operação na Vila Aliança afim de reprimir os diversos bailes funks que ocorrem irregularmente na comunidade, mas, ao chegarem no local, foi preciso realizar uma intensa troca de tiro com os criminosos.

Além do cadeirante Vanderson, um outro rapaz foi baleado no local, sua identidade e também seu estado de saúde não foram divulgados.

Os policiais do 14°BPM informaram que o homem está em custódia no Hospital Albert Schweitzer.

O caso do cadeirante foi enviado até a Divisão de Homicídios e foi registrado na 34ª DP (Bangu). 

Outras operações na Vila Aliança

Em 29 de fevereiro desse ano, foi realizado pelo mesmo 14°BPM uma outra operação na favela Vila Aliança.

Publicidade

Na época, após uma intensa troca de tiros, também houve alguns feridos e a polícia conseguiu prender um suspeito com ligação ao tráfico de drogas da região. Na operação realizada também foram encontradas pistolas, um fuzil, uma granada e aproximadamente cinco radiotransmissores, além de uma quantidade enorme de drogas.

Todos os feridos foram enviados até o Hospital Albert Schwaitzer em estado grave. Na operação, Marco Vinicius da Cunha foi preso após se entregar à polícia. Ele é suspeito por ligação direta com o tráfico da região da Vila Aliança. A ocorrência também foi registrada pela 34ª DP de Bangu. #Crime #Casos de polícia