A jovem, Thaynara Ester Fernandes Barros, de 20 anos, foi brutalmente assassinada na noite do sábado (16) em sua casa. O #Crime aconteceu no segundo distrito de Cabo Frio, Unamar, na Região dos Lagos do Rio de janeiro

Segundo informações, o ex-namorado da vítima, Walmy de Souza Ribeiro, de 21 anos,  invadiu sua casa e atirou contra jovem e seus familiares.

No momento em que chegou à casa de Thaynara, ele efetuou diversos disparos contra todos os que ali estavam, fugindo logo em seguida.

Ela estava na sala, assistindo televisão, na companhia de sua mãe e seu padrasto. Thaynara não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

Publicidade
Publicidade

Seus pais foram socorridos há tempo e levados para o hospital municipal de Cabo Frio. Porém, a mãe da menina, Ivanise Fernandes, que também foi atingida, está internada e encontra-se em estado grave. Já o seu padrasto, Luíz Carlos, está bem e não corre nenhum risco de morte.

Após Investigações pelos agentes de polícia lotados na 126ª DP, sob o comando da delegada Juliana Montes, nesta segunda-feira (18), foi decretada a prisão do ex-namorado da vítima,  que foi indiciado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado.

Como Walmy está foragido, a polícia pede que qualquer pessoa, que tenha informações sobre sua localização, entre em contato nos telefones (22) 2648 9727 da 126 DP e pelo WhatsApp (22) 98831 8040.

Motivação do Crime

O jovem teria cometido o crime porque Thaynara terminou o namoro com ele após descobrir que Walmy estaria envolvido com o tráfico de drogas na região. 

Ela comunicou a sua mãe e ao seu padastro sobre o término do namoro e o envolvimento do ex com a atividade ilícita.

Publicidade

Então, o rapaz invadiu a casa da ex-namorada, situada na Rua Orquídea, por volta das 18h e executou disparos com arma de fogo contra Thaynara e sua família.

Ele cometeu o crime, e fugiu logo em seguida em um veículo da marca Ford, modelo Ford Ka, de cor preta.

Nenhuma identificação por foto ou retrato falado de Walmy  foram divulgadas pela polícia, até o momento. #Investigação Criminal #Casos de polícia