Um incêndio, ocorrido no primeiro andar de um prédio familiar, na Rua Negreiros Lobato, número 30, do Bairro Lagoa, que fica na zona Sul do Rio de Janeiro, terminou com um rapaz morto. O corpo de Marcelo Chinaglia Wassh Mendonça foi encontrado carbonizado, pelo Corpo de Bombeiros, do quartel de Humaitá e de Copacabana. A corporação foi acionada a comparecer ao devido endereço por volta das 10h da manhã deste domingo, 10 de julho, para combater um incêndio. A equipe de bombeiros chegou ao local cinco minutos mais tarde e levou quase uma hora para conseguir combater as chamas que consumiam o apartamento, terminando por volta de 10h55. Ao adentrar o local, encontraram o corpo de Marcelo já sem vida, carbonizado.

Publicidade
Publicidade

O mesmo será levado para o IML - Instituto Médico Legal - para posterior identificação pelos familiares. 

De acordo com funcionários do prédio, Marcelo estava sozinho na hora em que ocorreu o incêndio, mas mora com o pai e um tio, que, no momento, estavam em Teresópolis, região Serrana do Rio de Janeiro. Eles foram avisados e estariam retornando para o Rio. 

Os funcionários informaram ainda que teriam visto Marcelo chegando em casa por volta das 8h da manhã deste domingo e que perceberam que, além de estar fumando, o rapaz estava um pouco alterado.

Um morador do terceiro andar do prédio, o empresário Alternato Júnior, informou que o prédio é muito tranquilo e pacato e que, no momento do incidente, se encontrava em casa dormindo e teria acordado com a fumaça e a gritaria dos outros vizinhos.

Publicidade

Todos os moradores entraram em pânico e desespero, pois as labaredas foram muito altas. De acordo com ele, quando acontece uma coisa dessas, a pessoa costuma ficar em alerta, mas nunca acredita e espera que seja com você ou com os seus amigos ou parentes. 

Os Peritos da Polícia Civil foram avisados e estão a caminho do local do incêndio. O Corpo de Bombeiro informou que ainda não se sabe o que o teria provocado, mas há indícios de que teria começado no quarto do jovem Marcelo Mendonça. #Acidente #Morte