Uma professora da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro realizou um protesto na última sexta-feira. Katia Machinez desabafou através de um vídeo sobre a realidade que o ensino público vive às vésperas das Olimpíadas.

O desabafo

Katia estava com dois ingressos para os jogos olímpicos em suas mãos e disse que apesar de ter os conseguido, não iria mais aos jogos. Foi então que revelou que ela não pode dar aulas desde fevereiro, bem como diversas crianças do Rio estão sem estudar.

Segundo a professora, o Rio não paga o salário integral dos professores e os funcionários terceirizados entraram em greve devido a falta de pagamento nos últimos meses.

Publicidade
Publicidade

Também disse que os estudantes que tentam participar de olimpíadas de conhecimento, como as de matemática, precisam fazer uma 'vaquinha' para conseguir viajar, pois o poder público não investe nos estudantes mais talentosos. Muitos acabam não participando das competições por não terem dinheiro e ajuda do município ou estado.

A escola em que Katia trabalha está fechada, sem merenda, sem segurança, sem limpeza e sem o principal: alunos e professores. A professora conta que o secretário da fazenda disse que a prioridade do município é fazer o Metrô, que deve ser usado nas Olimpíadas que começam dia 5 de agosto, sendo que as estações ainda não estão prontas faltando um mês para o início dos jogos.

Por fim, Katia chorou e rasgou os ingressos, dizendo que aquilo era pela 'Pátria Educadora', slogan usado pelo antigo governo de Dilma Rousseff. 

A repercussão

O vídeo de Katia logo repercutiu em todo o Brasil, ganhando mais de 230 mil visualizações no Facebook.

Publicidade

Inúmeras pessoas usaram esse mesmo vídeo para deixar palavras de apoio pela atitude da professora, bem como outros concordaram que aquela situação está ocorrendo em todos os setores públicos do Rio.

O desabafo já foi compartilhado, curtido e republicado milhares de vezes, levando a realidade do carioca para a mídia. Até o momento não houve um pronunciamento oficial da prefeitura do Rio sobre a situação caótica apresentada pela professora.

Segue abaixo o vídeo do desabafo de Katia:

#Viral #Rio2016 #Crise econômica