#Flávio Bolsonaro, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PSC e filho do deputado federal Jair Bolsonaro, passou mal no primeiro debate entre os candidatos a prefeito da Cidade Maravilhosa, realizado pela Band, na noite desta quinta-feira (25). A queda de pressão de Bolsonaro terminou em confusão envolvendo a candidata Jandira Feghali (PCdoB). Confira tudo o que aconteceu.

Queda de pressão

Toda a confusão começou logo depois que o apresentador do debate leu a pergunta de uma moradora de Ipanema. “De que forma o senhor pretende trabalhar em conjunto com os outros municípios da área metropolitana?” Neste momento, a câmera se volta para o candidato Flávio Bolsonaro, que está visivelmente abatido, trêmulo e olhando para baixo.

Publicidade
Publicidade

Dá para ver as mãos de Jandira Feghali e Carlos Roberto Osório (PSDB) tentando segurar Bolsonaro.

“Ele está passando mal”, diz Osório. “Ele vai cair, vai cair”, exclama Feghali. O apresentador pede ajuda dos assessores e, em seguida, chama o intervalo comercial.

Confira o vídeo:

Confusão

Durante o intervalo, a confusão foi maior. A candidata Jandira Feghali, que é médica, tentou socorrer Flávio Bolsonaro, mas foi impedida pelo pai do candidato, o deputado Jair Bolsonaro. “Flávio Bolsonaro acaba de passar mal no debate. Como médica tentei socorrê-lo, mas o pai negou. A que ponto chegamos”, postou Jandira no microblog Twitter.

Segundo a jornalista Berenice Serra, do jornal Extra, Bolsonaro pai teria dito que Jandira daria estricnina ao filho. Estricnina é um alcaloide tóxico que chegou a ser muito usado para matar ratos. A postulante a prefeitura respondeu à recusa de Jair Bolsonaro, chamando-o de “fascista, réu por estupro”.

Publicidade

O deputado federal pelo Rio de Janeiro virou réu no Superior Tribunal Federal (STF) por dizer que a deputada Maria do Rosário não merecia ser estuprada por ser feia.

No terceiro bloco, Flávio Bolsonaro não votou ao debate. O irmão dele, Eduardo Bolsonaro, postou no Twitter que ele foi levado ao hospital por orientação médica para fazer exames, mas já estava melhor. #flavio bolsonaro passa mal