O traficante Luis Fernando Rodrigues de Souza, de 29 anos, está sendo procurado pela polícia do Rio de Janeiro. Ele é acusado de ser um dos responsáveis por liderar o tráfico de drogas na favela do Anaia, em São Gonçalo, Rio de Janeiro. Além disso, ele seria um dos seguranças do traficante Nicolas Labre de Jesus, mais conhecido como Fat Family. Em junho deste ano o Fat Family estava internado no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio quando cerca de quinze traficantes entraram e trocaram tiros com a polícia para resgatar o comparsa. Um homem inocente que procurava atendimento foi morto na ocasião, enquanto um funcionário e um policial militar ficaram feridos.

Publicidade
Publicidade

Na época o traficante chefiava as vendas de drogas no Morro Santo Amaro, no Catete, Zona Sul do Rio. Ele era um dos bandidos mais procurados da cidade, a polícia chegou a oferecer R$ 3.000,00 por informações de seu paradeiro.

Agora a polícia está atrás do homem que seria um de seus maiores comparsas: o Nando de Anaia, e oferece, através do Disque-Denúncia, uma recompensa de R$ 1.000,00  por sua cabeça. Os telefones que podem ser usados para dar informações à polícia são (21) 96802-1650 ou (21) 2253-1177. A busca por Nando começou depois que o Fat Family foi morto na última segunda-feira (26), aos 28 anos. Foi realizada uma operação feita pelo Core no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, onde outros dois suspeitos foram mortos e três fuzis apreendidos. Esta não teria sido a primeira vez que a polícia foi atrás do Fat Family, uma outra ação conjunta tinha sido realizada em setembro na Comunidade do Rola em Santa Cruz, e depois no conjunto de Favelas da Maré.

Publicidade

No momento da fuga do hospital, em junho 27, batalhões foram mobilizados para tentar encontrar o bandido na baixada fluminense. Nando Anaia, teria sido um dos cabeças que organizaram a fuga de Nicolas do hospital, além de ter dado a ele aporte de segurança e abrigo. A polícia espera que, através de denúncias as pessoas se mobilizem e o entreguem em troca da recompensa. Assim, seria possível controlar o tráfico na região de São Gonçalo, e realizar buscas por drogas e armas. #Crime #Investigação Criminal