Dois homens foram assaltados na noite da última quinta-feira, 27 de outubro, e levados por bandidos, na Rua Senador Alencar, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro. A ação criminosa aconteceu por volta das 21h, e foi registrada por uma câmera de segurança do local. As duas vítimas só foram liberadas tempos depois, em outro ponto do bairro e registraram queixa na polícia.

O vídeo com as imagens do sequestro relâmpago começaram a circular, nesta sexta-feira, 28 de outubro, numa rede social. A gravação mostra a ação criminosa, e destemida dos bandidos. A câmera de segurança estava instalada em um prédio da rua, e é possível ver nas imagens, o momento em que o motorista é abordado pela quadrilha.

Publicidade
Publicidade

O motorista seguia tranquilamente pela rua, ao ser ultrapassado e fechado por um veículo. Os integrantes do veículo que fechou a vítima, já descem com a arma apontada para ela, que levanta os braços. Outro carro que vinha atrás dava cobertura, do veículo também desceram dois marginais, eles rendem o motorista e o colocam no banco traseiro do carro. A outra da vítima, que estava no banco do carona, durante a ação ainda teve sua corrente e o tênis levados pelos criminosos, que após pegarem os objetos também o colocam no banco traseiro do veículo. Um dos bandidos assume a direção do carro roubado, em companhia de um dos comparsas, e fogem do local.

Segundo a polícia, as vítimas foram liberadas, minutos depois, em outro ponto do bairro. Após serem libertados, se dirigiram a 17ª Delegacia de Polícia, onde registraram o Boletim de Ocorrência.

Publicidade

Após analisar as imagens de outra câmera de segurança, os policiais identificaram outro veículo que estava estacionado, e também participou da ação. Os policiais afirmam, que no mínimo 7 bandidos estariam envolvidos.

O departamento policial continua as investigações para identificar os criminosos envolvidos no caso.

Um morador que já vive no local há 12 anos, afirmou que os assaltos são frequentes naquela região, principalmente nos semáforos. Ele ainda ressalta que, há sete anos, ele teria sido vítima de um assalto, os criminosos chegaram numa moto e levaram seu carro. No mesmo lugar do sequestro relâmpago de terça-feira. Ele disse que o veículo foi encontrado depois de três dias em outra rua do mesmo bairro. O morador contou que os assaltos são recorrentes nessa esquina. Por motivos de segurança a identidade do morador não foi revelada.

#Crime #Investigação Criminal