Um muro construído há 10 dias por traficantes, na divisa entre as comunidades da Coroa e Fallet, que servia de abrigo para criminosos durante os últimos conflitos que aconteceram nas comunidades nos últimos dias, foi demolido na sexta-feira, 14 de outubro, por policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) que fazem patrulhamento das comunidades Coroa, Fallet e Fogueteiro, em Santa Tereza, Zona Central do estado do Rio de Janeiro. 

O local onde foi construído o muro era uma via de acesso, utilizado por moradores das duas comunidades. Porém, o acesso havia sido interrompido, após traficantes locais terem o construído - eles usavam o muro para fugir e se abrigar dos conflitos locais.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações do comando local da UPP, a demolição da construção transcorreu de forma pacífica, ocorreu tudo dentro da normalidade, sem nenhuma troca de tiros, durante todo processo, que ocorrerá nesta manhã de sexta-feira.

A ação foi feita em conjunto, e contou com o apoio das Unidades de Polícia Pacificadoras das comunidades da Rocinha, Mangueira, Macacos, Nova Brasília e São João. Estiveram também reunidos para ajudar na ação o Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) e juntamente com estas equipes, os policiais contaram ainda com a ajuda da equipe de logística da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP).  

Últimos conflitos

Os últimos conflitos que ocorreram na região de comunidades onde foi construído o muro foram no início do mês de outubro. O local virou uma verdadeira cena de guerra, levando pânico aos moradores de toda região.

Publicidade

O confronto teria começado entre traficantes que controlam a comunidade da Fallet, contra a facção existente no Morro da Coroa. Policiais que chegaram na manhã deste dia, para o patrulhamento de rotina, foram recebidos a balas. Reforços policiais foram acionados para combater os criminosos.

Várias vias de acesso e ruas locais foram fechadas para o tráfego de veículos. Comércio e escolas foram fechados. Moradores não tiveram como entrar ou sair de suas casas, e muitos moradores tiveram que aguardar por horas para poder retornar aos seus lares.

Durante a operação na região, três homens foram presos na Coroa, e foram apreendidos dois fuzis. Na comunidade do Fogueteiro um homem foi preso e junto com ele foram apreendidos 2.011 trouxinhas de maconha e dois tabletes de maconha prensada. A ocorrência foi registrada na Cidade da Polícia.

Foram nestes confrontos que o muro serviu de abrigo para os criminosos. Com a demolição dele, já reduz um pouco a possibilidade dos traficantes se esconderem, caso haja um possível confronto.

#Crime #Casos de polícia