A Polícia Civil está investigando um assalto a veículo, na Estrada Coronel Vieira, na Vila da Penha, na Zona Norte do Rio, que ocorreu por volta das 7h desta quinta-feira, 03 de novembro. Os policiais desconfiam se tratar do mesmo bando que se envolveu em um assalto à carga de cigarro, minutos depois no mesmo bairro, provocando um tiroteio no local. Os criminosos também utilizavam o mesmo veículo do assalto anterior.

Nas imagens, é possível ver uma caminhonete branca, passando em alta velocidade. Em m seguida, descem três homens armados que vão em direção a um veículo que está parado no local. Dois pedestres que estavam na calçada correm ao avistarem os homens armados.

Publicidade
Publicidade

Dois dos criminosos estão armados com fuzil e o outro com uma pistola.

Eles apontam as armas e obrigam o motorista do veículo a descer do carro. Roubam seus pertences, e ordenam que deite no chão. Dois dos marginais entram no veículo da vítima, assumem a direção e fogem.

Feridos na Penha

A manhã desta quinta-feira, na Penha, foi bastante agitada. Logo depois desse assalto, houve uma tentativa de roubo à carga de cigarros, da empresa Souza Cruz, que abastecia uma padaria do local. Os seguranças da empresa, ao perceberem a ação dos bandidos, reagiram, e acabaram iniciando um tiroteio, gerando pânico no local, que estava bem movimentado de pedestres e passageiros em veículos circulando no local. Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas.

A ambulância do Samu foi chamada para socorrer os feridos, que foram encaminhados para Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha.

Publicidade

As vítimas atingidas pelas balas perdidas foram: o mecânico Marcos Antônio de Oliveira, de 53 anos, atingido no joelho;  Renata Ferreira Peixoto dos Santos, de 36 anos, atingida duas vezes, no tórax e no quadril, o estado de saúde é estável, mas ela continua internada; a terceira vítima foi Luiza Rodrigues Reis, de 25 anos, que estava dentro de um táxi que trafegava no local, e acabou sendo atingida de raspão na cabeça. Luiza também continua sob cuidados médicos no hospital, mas não corre nenhum risco de vida; e a quarta vítima o Senhor Floriano Vieira dos Santos, de 62 anos, atingido por estilhaços nos braços e nas costas, mas também passa bem.

Além dessas quatro vítimas que foram atingidas por balas perdidas, por causa da confusão provocada pelo tiroteio, outros veículos que circulavam no local, também foram alvejados.

Um dos veículos que trafegava no local, estava com 11 perfurações à bala. No momento em que foi atingindo, o veículo estava com três ocupantes dentro, mas, felizmente, ninguém se feriu.

A Polícia Militar está fazendo buscas minuciosas no local, para conseguir identificar e localizar os criminosos envolvidos. Já a Polícia Civil já instaurou inquérito para investigar os crimes, e  certificar-se de que foi o mesmo bando que agiu nos dois casos.

#Crime #Investigação Criminal