O corpo foi encontrado dentro da lixeira na manhã desta quarta-feira (21), por volta das 07h30min, em frente a uma loja que fica localizada na Rua Tôrres Homem, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio de Janeiro. O corpo foi encontrado por moradores que acionaram a polícia que chegou pouco tempo depois. A Divisão de Homicídio também se dirigiu até o local, e ajudará nas investigações do caso. O corpo só foi retirado do local ás 14h00min.

Um comerciante que não quis se identificar, afirmou que chegou ao local para abrir seu comércio às 07h00 da manhã. E a lixeira com o corpo já tinha sido deixada no local.

De acordo com o comerciante, algumas pessoas afirmaram que o corpo seria de um rapaz que morava no Morro do Macaco.

Publicidade
Publicidade

Mas segundo ele os rumores são muitos, porém ninguém sabe e ninguém viu nada.

Ele afirmou em entrevista ao Jornal Extra, que o local é passível de diversos assaltos, só o estabelecimento dele já teria sido assaltado duas vezes em apenas 19 dias, entre os meses de novembro e dezembro.

O comerciante relatou ainda, que acabou tendo um prejuízo muito grande, por causa da movimentação no local depois que foi encontrado o corpo, pois ninguém teria entrado para fazer compras naquele dia. A movimentação teria sido da polícia, perícia e curiosos, e isso teria afastado sua clientela.

A Polícia Militar juntamente com a Divisão de Homicídio (DH), após perícias realizadas no local onde o corpo foi encontrado, concluíram que a vítima teria sido assassinada a tiros. O corpo também foi identificado como sendo de Marcos Barcellos Gonçalves de 19 anos.

Publicidade

A Delegacia de Homicídios está à frente do caso para identificar a real motivação para o #Crime, e os autores. Pois por enquanto a única coisa que se sabe é que os criminosos deixaram a lixeira com o corpo e um papelão com o recado: ”Não pode roubar na área. Exemplo”, o deixa claro, que segundo os criminosos a vítima teria realizado algum assalto.

Até o fechamento desta matéria nenhum suspeito havia sido identificado e nem a real motivação para o crime descoberta.

#Casos de polícia