Em Três Rios (RJ), um morador gravou o instante exato em que um automóvel atravessou a linha na frente de um trem e é atingido por uma composição. Apesar da colisão, Domingos Gonçalves Duarte, de 56 anos, e Larissa Souza Duarte, de 21, pai e filha, ficaram apena levemente feridos. O #Acidente ocorreu na passagem de nível do Centro, na tarde desta quarta-feira (18).

O veículo foi arrastado por cerca de 50 metros e quase foi esmagado em uma parede de proteção às margens da linha do trem. O maquinista agiu rapidamente e o trem parou centímetros antes de esmagar o carro.

Flagrante

O vídeo gravado por Wilken Sobral mostra o carro sendo arrastado pelo trem.

Publicidade
Publicidade

O #Vídeo já foi visualizado por milhares de pessoas na internet e nas redes sociais. O autor da gravação disse afirma que, logo após a batida, parou de gravar e foi socorrer as vítimas. Ao chegar, viu um homem e uma mulher muito assustados com o que havia acontecido.

Sobral disse que estava filmando a aproximação da locomotiva porque gosta de trem e tem o sonho de se tornar maquinista. Ele não soube dizer se o motorista viu o trem e achou que ia dar tempo de atravessar ou se ele realmente não viu a composição se aproximando.

Medo

Segundo testemunhos de moradores da região, esta não é a primeira vez que um acidente desse tipo aconteceu no local, e que o medo é constante. Os próprios vendedores ambulantes e comerciantes da região sinalizam para os motoristas distraídos e desavisados quando o trem se aproxima.

Publicidade

Comentando sobre o que aconteceu, um morador da região, identificado apenas como Carlos André, disse que “parece que foi a mão de Deus que segurou o trem para o carro parar lá. Graças a Deus que parou antes de imprensar [o carro na parede]”. Outro morador disse que a cena foi forte e todo mundo ficou apavorado.

Em nota, a MSR Logística, que é a concessionária administradora da ferrovia, disse que todos os dispositivos de segurança foram instalados, e que os motoristas, de acordo com a legislação de trânsito brasileira, são obrigados a parar em uma situação como essa. Assista abaixo ao vídeo do acidente:

#vida