A parte superior de um carro alegórico da escola de samba Unidos da Tijuca, do Rio de Janeiro, despencou no momento em que se preparava para entrar na avenida. O #Acidente aconteceu na avenida da Marquês de Sapucaí, nesta terça (28). Vinte pessoas foram atendidas, entre elas, 12 com ferimentos e 8 por estresse. A informação de feridos foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde.

Dos 12 feridos, nove foram transferidos para hospitais da regiã; três delas em estado mais graves, uma inclusive com suspeita de traumatismo craniano.

O carro que "derreteu" seria o segundo a entrar na avenida e representava a cidade americana de Nova Orleans.

Publicidade
Publicidade

O desfile foi interrompido por alguns minutos, mas logo depois retornou.

A escola não conseguiu tirar o carro alegórico do fluxo de entrada e teve que desfilar com o carro quebrado, perdendo pontos em alegorias e na evolução.

Ailton Freitas, diretor de harmonia da escola Unidos da Tijuca, disse ao UOL que o carro foi testado várias vezes e com mais peso que aquele que entraria na Sapucaí. Nos ensaios, nenhum acidente foi registrado. Ele ainda disse à reportagem que não dá para parar: "isso aqui é #Carnaval", termina Ailton.

Uma das pessoas que estava no carro durante os testes prévios, Ricardo de Oliveira Cardoso Jr., 32 anos, disse que o carro balançava nos ensaios. Ricardo teve a informação da escola que aquilo era normal. Ele teve escoriações na perna e já foi liberado.

Aline Dias, atriz de "Malhação", estava no carro alegórico quando ele ruiu, mas, segundo nota de uma amiga da atriz no Instagram, ela passa bem.

Publicidade

Ela preferiu não dar entrevistas, pois ficou muito abalada com o fato.

Quatro acidentes com alegorias no Rio

O Carnaval de 2017 registrou a triste marca de 32 feridos apenas em alegorias. Foram quatro carros alegóricos que apresentaram problemas. O primeiro foi o carro da Paraíso do Tuiuti que perdeu o controle e avançou sobre foliões que estavam à beira da pista, ferindo 20 pessoas, sendo três delas ainda em estado grave, internadas, uma delas respirando por aparelhos. O segundo carro foi da União da Ilha, que teve um problema semelhante ao da escola Tuiuti. O carro sofreu um problema mecânico que tornava-o de difícil controle, além de, ao longo do desfile, apresentar problemas elétricos. Não houve feridos. O terceiro carro com problemas foi da Mocidade Independente de Padre Miguel. Uma plataforma se soltou e uma integrante caiu. Segundo a diretora da escola, a jovem, chamada Paula, não sofreu ferimentos.

No quarto carro com pane, da escola Unidos da Tijuca, doze integrantes que estavam na plataforma mais alta da alegoria se machucaram. Veja no vídeo. Até a manhã desta terça, 28, cinco ainda estavam internados.

Assista:

#Rio de Janeiro