Um vídeo que circula na internet tem revoltado milhares de internautas. No vídeo é possível ver um cabo da Polícia Militar caído ao chão após ser baleado por bandidos na Avenida dos Democráticos, Irajá, #Rio de Janeiro. De repente um homem não identificado vai na direção do policial e furta o fuzil que estava sendo utilizado pelo agente no momento do confronto. No vídeo ainda é possível ouvir uma voz feminina que dava ordens ao homem para roubar o fuzil do agente enquanto ela dava todo apoio.

Publicidade

Fotos da vítima

Populares que passavam próximo ao local ficaram assustados e indignados ao ver a ação dos criminosos. O homem pegou a arma, mas segundos depois acabou desistindo do roubo e jogou o fuzil novamente no chão. O mesmo homem que tentou roubar a arma volta para junto do corpo do policial e, com um celular, tira algumas fotos da vítima ainda ferida e agonizando.

A polícia informou que o #PM caído ao chão é Antônio Pedro Mendes de Araújo. Ele trabalhava para o 41ºBPM, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito após passar por um procedimento operatório no hospital. Foi constatado que o agente foi atingido na cabeça.

Outro policial baleado

A polícia ainda informou que, horas antes, o também cabo da PM, Roberto dos Santos Nunes, foi alvejado com um tiro quando realizava uma ocorrência contra roubo de cargas, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele foi atendido em uma unidade hospitalar e horas depois recebeu alta.

A Polícia Civil encaminhou nesta sexta-feira (31), uma equipe à região de Manguinhos e à Favela do Jacaré, para realizar uma operação em busca dos autores do crime contra o policial militar. Para preservar a segurança dos moradores daquela localidade, mais de mil alunos tiveram suas aulas escolares suspensas.

O serviço de Operações Policiais Especiais (BOPE) foi encaminhado para a Favela do Jacaré. Ao bairro de Manguinhos foi encaminhada uma equipe de Ações com Cães (BAC) e também o Choque (BPChq). As primeiras informações são de que houve troca de tiros entre os policiais e os criminosos. #Morte