A Operação #Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal no último dia 17, tem servido para mudar alguns hábitos dos consumidores cariocas. Mais preocupados com a qualidade e a sanidade das carnes, os fregueses têm dado mais atenção aos peixes, por exemplo.

Segundo relatos do portal G1, o Mercado São Pedro, em Niterói, no Rio de Janeiro, tem recebido uma interessante movimentação nos últimos dias. O local conta com 40 lojas, e recebe cerca de até três mil visitantes semanalmente. De acordo com os proprietários das lojas, há uma estimativa que a procura por #Peixe aumentou 20% desde a "Carne Fraca".

Por outro lado, as gôndolas de carnes dos mercados cariocas seguem abarrotadas, e com promoções que chegam até 40% do preço original.

Publicidade
Publicidade

Os consumidores estão querendo se informar antes de fazer a compra, e uma outra alternativa encontrada pelos clientes é a compra de carne uruguaia.

Há duas semanas da Semana Santa, onde o peixe se torna produto indispensável na mesa dos brasileiros, os vendedores de peixe notam um aumento da procura por parte da clientela. Mário Mannarino, dono de um estabelecimento dentro do centro comercial de Niterói, revelou que no final de semana seguinte ao anúncio da Operação, faltou mercadoria para tamanha busca.