Uma cena de violência doméstica deixou a cidade de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro, deixou os moradores da tranquila cidade, que tem um pouco mais de cem mil habitantes completamente revoltados. Segundo informações da Polícia Civil da cidade fluminense, uma mulher, de 49 anos, foi brutalmente espancada dentro de sua própria casa, e o agressor foi próprio marido dela.

De acordo com relatos dos vizinhos do casal, a briga começou porque a moça decidiu mudar a aparência sem o consentimento do marido. Ela mudou radicalmente o visual, gerando uma terrível crise de ciúmes no rapaz. A mulher teria pintado o cabelo da cor preta, arrumado e clareado os dentes e passado maquiagem.

Publicidade
Publicidade

Ao ver a esposa totalmente "diferente", o rapaz, que ainda não teve o nome divulgado, começou a acusá-la de estar o traindo e que ela não poderia sair assim para as ruas, pois uma mulher decente não pode andar daquele jeito. A discussão logo virou uma grande briga e varou a noite, já no início da madrugada a Polícia Militar recebeu uma série de ligações, com denúncias dos moradores do bairro Cônego alertando sobre os gritos de socorro que vinham da direção da casa do casal.

Ao chegar na residência, a Polícia Militar não conseguiu encontrar o criminoso, que havia fugido momentos antes, ao verem o estado que a mulher estava, rapidamente o Corpo de Bombeiros foi acionado. Assim que os Bombeiros chegaram, eles prestaram os primeiros socorros e levaram a vítima para o Hospital Municipal Raul Sertã.

Publicidade

O porta-voz da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) disse que a vítima não corre risco de morte, mas que foi muito machucada e que ela passará por uma cirurgia, já que teve um afundamento de face devido aos golpes que levou do marido.

A delegada da cidade também se manifestou sobre o caso. Danielle de Barros contou à imprensa que enquanto era covardemente agredida, a mulher gritava por socorro, e que ela levou vários golpes no rosto e na cabeça. Por sorte, ela conseguiu fugir do agressor pulando a janela em direção ao quintal da casa. Neste momento, a polícia já havia sido acionada pelos vizinhos e o rapaz, temendo ser preso, fugiu.

Ao ser ouvida pelos polícias no hospital, a vítima revelou que o motivo da #agressão foi o fato de o marido estar com ciúmes. Segundo ela, o agressor portava uma faca e a ameaçou algumas vezes de usar a arma, antes que ela conseguisse fugir. O caso está sendo investigado pelo DEAM e uma medida protetiva já foi expedida contra o suspeito que ainda não foi encontrado. #Crime mulher #Afundamento Face