O Instituto Fernandes Figueira, também conhecido como Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente, necessita de doadoras de leite materno para suprir as necessidades de cerca de oitenta crianças necessitadas do alimento.

Há um déficit de doadoras, pois o número atual é de 150, quando deveria ser de 220, segundo a gerente do setor, Danielle Aparecida.

Segundo as estatísticas do Ministério da Saúde, nosso país tem a maior rede de bancos de leite do mundo. Um total de 221 unidades distribuídas pelos estados. Apesar disso, a importância de obter o maior número de doadoras possível torna-se necessário.

Segundo estimativa dos profissionais do setor, cerca de 300 mililitros do #leite materno poderão alimentar, em média, dez bebês.

Publicidade
Publicidade

Nos primeiros seis meses de vida, o leite materno é essencial para a saúde dos bebês, pois é considerado um alimento completo. Vale ressaltar que a mãe, ou doadora, deve ter uma alimentação saudável para que o leite que fornecerá também seja sadio para a criança. É recomendável que a doadora do leite tenha uma alimentação à base de proteínas animais sem gordura, alimentos naturais, e que evite condimentos, temperos, frituras e enlatados

O leite materno tem certos itens em sua composição que estão ausentes nos outros tipos de leite, como os artificiais ou em pó.

As quantidades de proteínas, carboidratos, gorduras e aminoácidos suprem a necessidade básica alimentar. Também acelera a produção de anticorpos, algo que o leite artificial não consegue. É um alimento que inclusive ajuda a reforçar o sistema imunológico.

Publicidade

Algumas recomendações básicas para a doadora são a higiene dos seios e que proteja a criança do contato com os cabelos. Caso o líquido seja colocado num recipiente, este deve estar esterilizado. Se for conservá-lo na geladeira, o prazo é de até dez dias, dentro de um congelador ou freezer.

No 19 de maio foi comemorado o "#Dia Nacional de Doação de Leite Humano", uma iniciativa para incentivar as pessoas a doar o alimento tão necessitado para as crianças de colo. É importante que se divulgue maciçamente, para evitarmos futuros problemas com crianças subnutridas.

Contato

Quem puder ajudar as crianças com a doação do precioso alimento, basta entrar no link "Fale Conosco", do site do Instituto e inserir seus dados de contato.

Seu endereço é Avenida Rui Barbosa, nº 716, no bairro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro. #Instituto Fernandes Figueira