Mais uma tentativa de #Crime mal sucedida por ladrões.

O vereador Gilberto Lima (PMN-RJ) foi alvo de ladrões durante um assalto, ocorrido na noite da última quarta-feira (10), na Zona Oeste do Rio de Janeiro (Bangu), mas não ficou inerte.

Leia a reportagem e saiba o que aconteceu.

Reação fatal

Segundo informações da Polícia Civil uma dupla de bandidos anunciou o assalto. Porém, os suspeitos tiveram uma surpresa: o vereador estava armado.

Quando notaram o fato, um dos bandidos mandou o seu comparsa atirar no vereador. Contudo, Gilberto 'venceu' e atirou antes.

Um dos criminosos, identificado como Kaio Alves da Fonseca, de 18 anos, foi alvejado na região do e da cabeça, e morreu assim que chegou ao Hospital Abert Schweitzer, localizado na região do Realengo.

Publicidade
Publicidade

O segundo assaltante, Carlos Eduardo de Souza Maciel, de 19 anos, levou um tiro no abdômen e foi operado durante a madrugada.

Ainda não há informações sobre a saúde desse último suspeito, que após a alta ficará à disposição do Poder Judiciário.

Vereador

O vereador Gilberto feriu-se de forma leve. Procurado pelo jornal Extra, ele atenção à ligação, disse que ainda estava dormindo e desligou.

Na segunda tentativa de contato com o político, ele disse que estava dirigindo e que não poderia conversar com a reportagem. Contudo, ele rapidamente teria dito que precisou deitar no chão durante a ação dos bandidos e acabou sofrendo lesões leves. Nenhum disparo o acertou.

Reagir ou não reagir, eis a questão

Será que realmente é uma 'boa' reagir durante a tentativa de assaltos?

Relembre a reportagem abaixo, veiculada no programa Brasil Urgente, onde o tema que envolve a reação à assaltos foi debatida.

Publicidade

Um delegado que tratava de outro caso de reação (mas que veio de um policial), disse: 'que vocês me desculpem, mas antes a mãe do bandido chore do que as nossas, do que as mães dos policiais'.

Porém, em relação à população, a Polícia sempre orienta que não haja reação, pois muitas vezes o fato criminoso, como um #roubo, por exemplo, pode acabar em homicídio, e quase sempre da vítima.

E você, o que pensa sobre reagir a assaltos? Prefere manter a calma e entregar tudo o que tem ou parte para cima da 'bandidagem'?

Veja a reportagem acima e tire suas próprias conclusões. Porém, cautela nunca é demais quando se trata de arriscar a própria vida (ou a vida da sua família ou de outras pessoas) e reagir durante a prática de crimes, especialmente quando, em regra, só o bandido está armado. #LegítimaDefesa