Um incêndio assustou os frequentadores do #Shopping da Gávea, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na tarde desta terça-feira (6). O centro de compras foi atingido por chamas e os clientes e funcionários que estavam no local precisaram ser evacuados, segundo informações do portal G1.

O #Incêndio teria ocorrido por volta das 15 horas e a evacuação no local provocou confusão do lado de fora, segundo informações de testemunhas. Ainda segundo a reportagem, houve correria para que todos pudessem ir com segurança para o lado de fora. Uma funcionária do shopping chegou a passar mal e foi socorrida.

Segundo informações da assessoria de imprensa do centro de compras, o incêndio, considerado de médias proporções, atingiu o Teatro Clara Nunes, que fica dentro do shopping.

Publicidade
Publicidade

No espaço, há uma farta exibição de peças teatrais e, por isso, o local é frequentado por muitos artistas que moram no Rio.

Multidão do lado de fora

De acordo com moradores da região, o incêndio teria começado um pouco antes das 15 horas e, logo em seguida, a administração do centro de compras trabalhou para evacuar o local, garantindo mais agilidade ao trabalho do #corpo de bombeiros.

Ainda segundo informações dos moradores, não era possível ver as chamas pelo lado de foram, mas havia muita fumaça.

Com a evacuação do local, a notícia se espalhou rapidamente, tanto nas imediações, quanto nas redes sociais. A quantidade de pessoas na rua era realmente muito grande e acabou ocupando a calçada da rua Marquês de Santos, onde está localizado o Shopping. A grande maioria era de frequentadores do centro de compras, moradores da região, funcionários e curiosos.

Publicidade

A rua foi interditada para garantir o trabalho dos bombeiros.

Nesta foto é possível ver a multidão que se formou no local, após a evacuação:

Nas redes sociais, muitas pessoas questionaram os motivos que teriam levado ao incêndio. Muitos falam sobre a importância de fiscalização e vistoria constantes nas instalações. "Segurança contra incêndio tem que ser fiscalizada. Cabe à administradora do Shopping esta responsabilidade. Cobrar para estacionar já é caro. Agora, eles têm responsabilidade também", disse um internauta.

Outro, via Twitter, falou sobre a responsabilidade do Corpo de Bombeiros na aprovação de projetos técnicos.

Outro internauta denunciou a insistência que os frequentadores têm em fumar dentro do shopping, mesmo diante da proibição dessa prática.