Um vídeo bizarro tem apavorado os moradores e turistas que tem a intenção de ir para uma cidades mais visitadas do mundo, o #Rio de Janeiro. A capital fluminense foi vítima de mais um #arrastão no último fim de semana. Nas imagens, incontáveis bandidos andam tranquilamente em bando e avançam em cima de pessoas que estavam em um ponto de ônibus.

As imagens foram postadas pela página do Facebook "O morador é o Centro", que faz publicações para quem habita a região central do município, considerada uma das mais perigosas da Cidade Maravilhosa. Não é raro casos de assaltos pelo bairro, principalmente na região da Central do Brasil, na Avenida Presidente Vargas.

Publicidade
Publicidade

No ano de 2015, a equipe da TV Globo chegou a gravar o momento de um assalto durante uma entrevista e a imagem também viralizou, virando símbolo de denúncia do perigo de circular pela área.

No vídeo, que tem sido reproduzido pela internet, bandidos aparecem por volta das 6h da manhã na Praça Tiradentes, localizada próximo a regiões muito frequentadas por jovens, como a Lapa. No momento, havia sido encerrada uma festa em uma casa de eventos muito famosa do Centro, o Espaço Acústica. No local também fica o Teatro Carlos Gomes e o antigo Batalhão da Polícia Militar, além da Delegacia da Mulher.

Contudo, nem mesmo a proximidade de pontos de "segurança" impediu que os ladrões fizessem a "limpa" nas pessoas que se encontravam na rua naquele momento. Cerca de 20 pessoas saíram da Avenida Chile, da Rua da Carioca e Avenida Passos.

Publicidade

Ao se juntarem e correrem ameaçando pedrestes, muitas pessoas do local se desesperaram e entraram em ônibus e gritaram por ajuda. Os bandidos foram tão ousados que chegaram a abordar motoristas de carros que passavam pelo local no momento.

Segundo relatos de internautas, os casos de assaltos são muito frequentes na região. Alguns assumiram que o que chama a atenção dos assaltantes são as festas que ocorrem na região. No momento do arrastão, não foi possível presenciar nenhuma viatura da PM circulando pela Praça Tiradentes.

O vídeo foi gravado por uma pessoa que encontrava-se no terraço do Espaço Acústica. Assustado, porém nada surpreso, o cinegrafista amador disse que sempre ocorrem assaltos no local.

Sem polícia para a população

A praça onde houve o arrastão fica em frente ao 13º Batalhão da PM, que foi desativado no ano de 2011. O motivo foi a necessidade de deslocamento do efetivo policial para o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP). Contudo, o governo do Estado do Rio ainda não fez a obra para migrar os policiais para lá. Até o fechamento desta reportagem, a PM não se manifestou sobre o caso de arrastão na Praça Tiradentes.

Veja abaixo o vídeo do arrastão:

#Crime