A #Violência nas grandes cidades e principalmente nas periferias vem crescendo de uma forma avassaladora. O maior motivo dessa violência, da discriminação, dos tiroteios, das mortes dos bandidos e dos policiais, dos menores da periferia fora da escola, o genocídio institucionalizado, é a guerra ao tráfico de drogas.

Dessa forma, de acordo com a ONU, numa pesquisa realizada em 2014, o Brasil está em 16° lugar no ranking mundial da violência, ocupa também a 10.ª posição no ranking dos cem países que mais matam por armas de fogo, e segundo o Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad), o Brasil é o 2° maior consumidor mundial de cocaína e derivados do mundo, fato que contribui para o aumento da violência e a posse de armas de fogo é fator determinante para a grande parte da violência que é apontada no nosso pais.

Publicidade
Publicidade

A violência só cresce

Os números são alarmantes e mais de 123 pessoas morrem todos os dias no Brasil, vítimas de armas de fogo. Infelizmente, a realidade assusta e os brasileiros já não sabem mais a quem recorrer. Para se ter uma ideia, a cada hora, cerca de cinco pessoas, em média, morrem no país.

Como aconteceu na noite de sábado, após um conflito entre traficantes fortemente armados e policiais do 7° Batalhão da Policia Militar, na favela do Capote, no bairro do Colubandê, em São Gonçalo – RJ, um homem morreu e outro acabou sendo preso, além da apreensão de várias armas e uma grande quantidade de drogas.Os policiais foram surpreendidos por vários criminosos com rajadas de tiros quando faziam a checagem de uma denúncia de tráfico na Rua Clovis da Cunha Paz e Castro.

Ao cessar o tiroteio, os PMs encontraram baleado em uma das vielas da comunidade um homem chamado Yuri Gomes de Souza de 23 anos, mais conhecido como Naruto, ao lado dele também foi encontrado um revólver calibre 38.

Publicidade

Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Estadual Alberto Torres (Heart), também em Colubandê, mais não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Outro homem não identificado de 22 anos também foi preso nessa ação da #Polícia, o mesmo estava com um rádio transmissor e consigo estava 145 embrulhos pequenos contendo quantidades significativas de maconha. Esse caso foi registrado na central de flagrantes da 74ª Delegacia de Polícia do bairro Alcântara também em São Gonçalo.Impactados com a violência na comunidade, os habitantes da cidade estão assustados e com medo de andar nas ruas, além de viver em alerta frequentemente. #Naruto