Não é só no Carnaval que os baianos e turistas se divertem. Outras festas populares ocorrem o ano inteiro e a uma das mais tradicionais é denominada Lavagem do Bonfim. Trata-se, na verdade, além da característica de festa religiosa, de mais um pré-Carnaval em que várias atrações do Carnaval da Bahia prestigiam o evento.

Este ano o evento aconteceu no dia 15 de janeiro e foi possível se divertir ao som de Carlinhos Brown, Psirico, Cacique, Bell Marques, Oito7Nove4, Tuca Fernandes, Márcio Victor, Filhos de Gandhy, Bambeia, D'Cifras, Fora da Mídia, Paparicco, Movimento, Pagode da Mulher Solteira, Gangue do Samba, Sangue Brasileiro, A Grande Família, Sambaê, Escola de Samba Portela, Nelson Rufino e Mariene de Castro.

Publicidade
Publicidade

O ritual de lavagem da #Igreja do Senhor do Bonfim data de 1773, quando os escravos foram obrigados a lavar a igreja de forma a preparar para a festa do Bonfim, passando a fazer parte, posteriormente, da cerimônia de candomblé Águas de Oxalá. Os católicos permitem o ritual de lavagem apenas nas escadarias e adro da igreja, onde as baianas despejam os vasos contendo água de cheiro, assim como nas cabeças dos fiéis. As portas da igreja ficam fechadas e a população usa branco para participar da procissão. Esta tradição é um mix de culturas, de crenças, contemplando a #Religião católica, bem como o candomblé. A lavagem recupera a memória, as lembranças evocadas por tradições, marcada por forte religiosidade e com a participação de grande parte da população.

Apesar de ter se modificado com o tempo, já nem todos conhecem a cultura desta festa religiosa e acabam deturpando e extrapolando o ritmo de comemoração, tornando claro que uma boa parte das pessoas estão preocupadas apenas com a diversão obtida com bebida, namoros e outras extravagâncias, dando vazão, inclusive, a brigas, vale a pena prestigiar um evento de tão grande tradição.

Publicidade

#Entretenimento

Outras lavagens e festas já ocorreram em janeiro, como "Nosso Senhor dos Navegantes", e ocorrerá o ano inteiro. Pode-se destacar a festa de "Yemanjá" no dia 02 de fevereiro e a lavagem de "Itapuã", no dia 05 de fevereiro. Afinal é preciso esquentar para o Carnaval e na Bahia tudo é motivo para festa.