Salvador é uma das cidades nordestinas mais lindas e visitadas por turistas do mundo inteiro, fascinados com sua riqueza cultural e arquitetura inspiradora, presente em seu centro histórico. Essa é uma das visões mais lembradas pelos turistas, mas como seria viver em Salvador? Assim como outras capitais brasileiras, tem suas negatividades. É difícil pensar nesse contexto, devido a todos nomearem a cidade como a "terra da alegria". Porém, conheça os lados negativos da primeira capital do Brasil:

Estrutura

Salvador já tem uma infraestrutura acidentada devido a sua própria geografia, onde é dividida por cidade alta e baixa.

Publicidade
Publicidade

O que agravou com o tempo foi a proliferação de casas invasoras em morros íngremes e sem engenharia. Invasões essas que se tornaram bairros, muitas vezes carentes de serviços básicos de responsabilidade do governo. Além disso, a grande quantidade de veículos não é suportada pelas estradas, que estão passando por uma reforma de ampliação. Vale lembrar que Salvador foi eleita a cidade com o 5º pior trânsito do mundo. Péssimo título.

Sistema de transporte público

O transporte público de Salvador foi mostrado como exemplo de precariedade dos ônibus do Brasil durante a Copa. Os veículos são sucateados e mesmo com a ação da prefeitura em inserir 630 novos ônibus e a inauguração do metrô, a superlotação continua. Linhas atrasadas e escassas tornam uma ida e volta a qualquer parte em um transtorno.

Publicidade

Segurança

É um dos pontos que infelizmente piorou durante as últimas décadas. Salvador teve que amargar um crescimento triplo de homicídios por arma de fogo, além dos assaltos constantes que a população está sujeita a sofrer qualquer hora do dia. A criminalidade está cada dia mais se especializando no tráfico de drogas e se organizando, deixando todos em condições de reféns.

Lazer

Os fatores anteriores criaram impacto no lazer do soteropolitano. Mas, aqueles que não abrem mão de sua distração durante os finais de semana têm que desembolsar um pouco mais. Isso porque os restaurantes, praias, teatros e botecos estão oferecendo um preço quase exorbitante para a diversão. Apesar disso, a cidade apresenta qualidades culturais muito apreciadoras.

Soteropolitano

Algumas atitudes de uma minoria traz prejuízos a toda população. Atos como urinar nas ruas estavam se tornando tão habituais que houve a ação da prefeitura de colocar fiscais para observar quem fazia xixi e punia os infratores em multas que variam de R$ 67 a R$ 1.008.

Vale lembrar que o lado negativo de Salvador não sobrepõe as maravilhas da cidade. Com políticas governamentais efetivas e mudança da população para preservar a cidade, Salvador se tornaria uma grande potência turística, mas do que é atualmente. #Turismo #Opinião