Na manhã desta segunda-feira (14/09) Sandra Kaline Vieira de Lima caiu do terceiro andar do prédio onde mora na avenida paralela, no conjunto residencial Manhattam Square em Salvador, BA. Sandra Kaline foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e levada para o setor de emergência do #Hospital Geral do Estado (HGE), Sandra teve traumatismo craniano e está na UTI, mas seu estado de saúde até o momento é estável. Não corre o risco de morrer, mas foi feita uma drenagem de sangue nos pulmões da delegada.

Segundo informações da polícia civil, Sandra Kaline tem 40 anos e reside sozinha no prédio, a polícia desconfia que pode ter sido acidente, mas está investigando detalhadamente o caso.

Publicidade
Publicidade

Sandra é delegada de polícia, trabalha há mais de 15 anos na corporação e há 3 anos ela presta serviço para a corregedoria da polícia civil, sendo uma funcionária exemplar. 

De acordo com a polícia civil, não se pode descartar nenhuma hipótese, pode ter sido só um acidente mas essa informação ainda não foi confirmada. No local não foi encontrado vestígios de arrombamento, também não tinha sinais de luta corporal. A polícia técnica foi chamada no local para fazer a perícia.

Segundo a secretaria de saúde, a vítima encontra-se entubada, e os médicos aguardam uma melhora no seu quadro para fazer uma avaliação melhor.

Segundo informações do R7, Sandra Kaline estava fazendo exercícios aeróbicos na varanda do apartamento, quando se desequilibrou e caiu do terceiro andar. Não se sabe se ela passou mal ou foi só um desequilíbrio.

Publicidade

Sandra estava vestida com sua roupa de ginástica na hora do acontecido.

O departamento de investigações (DHPC) segue com as apurações das informações conseguidas. Também segue aguardando a recuperação da delegada Sandra Kaline para colher seu depoimento, e tentar esclarecer os fatos.

A corregedoria solicita aos cidadãos, que se alguém souber ou ter visto o ocorrido, favor entrar em contato no disque denúncia, para que a polícia possa resolver o caso o mais rápido possível. #Investigação Criminal #Casos de polícia