O ex-vocalista da banda Chiclete com Banana, Bell Marques, assinou na última segunda-feira (14), junto ao Ministério Público da Bahia, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), e fez uma alteração no refrão de uma de suas novas canções, chamada "Cabelo de Chapinha”.

Composta por Felipe Escandurras, Gileno e Fagner, a #Música é um dos dois trabalhos em destaque do cantor para este verão. Após ser lançada no ‘Carnatal’, no início deste mês, a letra, com um suposto conteúdo racista, causou polêmicas nas redes sociais.

O refrão original da música continha o trecho: “Ô mainha, mas eu só gosto de cabelo de chapinha, mainha”, fazendo com que algumas mulheres se sentissem desrespeitadas.

Publicidade
Publicidade

Segundo Márcia Teixeira, umas das promotoras do caso, e que também é integrante do Grupo em Defesa das Mulheres e Defesa LGBT, foi o próprio cantor quem procurou o Ministério Público. A proposta feita para o artista foi que alterações fossem realizadas na letra, fato acolhido imediatamente por Bell Marques.

Além desta proposta, uma outra, que continha a produção de material promovendo o combate ao racismo e à violência contra as mulheres durante o período do carnaval, também foi levantada.

Ainda de acordo com Márcia, o cantor deve realizar esta campanha, criando divulgações em alguns meios de comunicação. Para completar, Bell Marques cedeu espaço no seu trio elétrico para que um representante do Ministério Público atue durante o #Carnaval para atender às denúncias de racismo, violência, homofobia e desrespeito.

Publicidade

Através de uma nota, Bell Marques explicou que em momento algum ele ou os compositores tiveram a intenção de ofender alguém, até porque a canção faz referência à forma de expressar carinho entre um casal.

Para ficar seguro da boa compreensão e respeito que o artista tem por seus fãs, em 36 anos de carreira, o refrão da música foi alterado para: “Ô mainha, eu também gosto de cabelo de chapinha, mainha”.

Ao lado de “Desce Coladinho”, “Cabelo de Chapinha” deve atrair multidões aos shows de Bell Marques e fazer fluir seu ritmo de alegria, com muita festa, sorrisos e dança.

E você, o que achou de “Cabelo de Chapinha”? Compartilhe com seus amigos, entre no clima do carnaval e prepare-se para a maior festa do Brasil! #Justiça