No auge dos seus 14 anos, a adolescente Vanessa Oliveira Silva, moradora do município de Pé da Serra, no povoado de Santo Agostinho, morreu enquanto fazia uma 'chapinha' na residência de sua avó.

Vanessa Oliveira foi eletrocutada pelo equipamento que, segundo a família, estava danificado com um dos fios desencapados. A adolescente foi socorrida imediatamente após o acidente, mas já chegou sem vida ao hospital.

Segundo informações da Polícia Civil o acidente com a adolescente ocorreu no sábado. Os policiais informaram ainda que as investigações sobre a morte da menina serão conduzidas pelo departamento de Polícia de Pé de Serra.

Publicidade
Publicidade

No Facebook os amigos de Vanessa Oliveira lamentaram a morte da adolescente. Em seu perfil é possível encontrar declarações como:

"Foi tão cedo e era tão jovem. Tinha tudo pela frente".

"A vida é cheia de surpresas, quando menos esperamos ela nos dá uma rasteira."

"Vanessa se foi e o que nos restou é apenas a saudade."

O site 'Portal da Saúde' fornece diversas recomendações e informa sobre os riscos a que estão submetidos os usuários da chapinha e do secador. Tais riscos podem ser minimizados e até eliminados se observados importantes fatores de segurança que, talvez, nem todos conheçam.

No caso da adolescente, o próprio equipamento utilizado não estava em condições adequadas (fio desencapado) para que pudesse ser usado com segurança.

Os riscos a que estão submetidos os usuários de chapinhas e escovas quase nunca são letais, porém, até os cabelos devem ser protegidos das altas temperaturas que esses aparelhos conseguem alcançar.

Publicidade

Para aquelas que fazem uso diário desses equipamentos, é recomendado o uso de anti-térmicos que protegem os fios de ficarem queimados ou mesmo quebradiços.

Já, com relação à integridade do aparelho, não se deve brincar. Como no caso da adolescente, que foi vítima de uma descarga elétrica. Se o mesmo não estiver em boas condições de uso, não vale o risco. Especialmente pelo fato desses aparelhos serem utilizados em área vital (cabeça) para o corpo humano. Enquanto um choque nos pés pode não provocar lesão alguma, quando se trata da cabeça, a corrente elétrica percorre todo o corpo até encontrar outra superfície que faça contato externo.

Se a adolescente estivesse de pé, por exemplo, a energia elétrica percorreria todo o seu corpo passando pelo coração, até ser descarregada através dos pés da jovem.

Portanto, verifique sempre com muito cuidado as condições de uso de seus aparelhos e não corra riscos desnecessários. #Beleza