Por onde ela passa, chama atenção. De Leste a Oeste, de Norte ao Sul, a tocha olímpica continua rodando o Brasil e essa semana está na Bahia. No dia 19 de maio, foi a vez da cidade de Porto Seguro receber o grande símbolo olímpico. A cidade é uma das que são "cidade- celebração" do evento

Os últimos detalhes do evento foram discutidos no gabinete da Prefeitura da cidade. A prefeita, Cláudia Oliveira, focou em apresentações culturais, campanha de preservação ambiental e homenagens aos atletas da cidade, como parte essencial desse grande momento. A cada 10 dias, sua equipe fazia reuniões para que a cidade estivesse preparada para receber e recepcionar todos envolvidos.

Publicidade
Publicidade

A passagem da tocha em Porto Seguro de fato foi um sucesso.Tudo começou na parte da tarde, com apresentações de Taekwondo, Karatê, Capoeira e Coral. Quando a tocha de fato começou o revezamento, os moradores e visitantes lotaram as ruas e aplaudiam com entusiasmo cada passo dos condutores. Muitos se sentiram artistas, com tantos flash e câmeras fotográficas que registravam todos os momentos.

Entre os condutores estavam o motociclista Arnaldo Viana, que ficou muito emocionado pela participação e tem a certeza que esse momento será uma lembrança para toda a vida e gerações. 

Como parte final da festança, o grupo de dança Brazouka realizou  uma apresentação retratando a história do Brasil com apresentações de música,  dança e vários ritmos afros e brasileiros.

Porto Seguro foi apenas a primeira cidade celebração a receber a tocha. Outras seis cidades também terão eventos culturais e abrigarão a tocha olímpica por uma noite.

Publicidade

São elas: Vitória da Conquista, Ilhéus, Valença, Salvador, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso.

O Tour da tocha continua na Bahia

27 cidades da Bahia foram escolhidas para receber o revezamento. Ainda irão receber a tocha as seguintes cidades: Paulo Afonso, Cairu (Morro de São Paulo, Itacaré, Camamu, Ituberá, Lençóis, Salvador, Feira de Santana, Valença, Riachão do Jacuípe, Senhor do Bonfim, Jaguarari, Juazeiro, Sobradinho, Capim Grosso. (Essa listagem não está na ordem cronológica). #Dicas #Rio2016 #Resenha Esportiva