Um menino de dez anos de idade,que estava sendo procurado por familiares, acabou sendo encontrado morto em uma região de mata, na manhã da última terça-feira (30), na cidade de Vera Cruz, na Bahia. O garoto identificado como Jeferson Nascimento Santos, estava desaparecido desde o dia (25). Após ser encontrado, parentes acabaram realizando um protesto pedindo por Justiça em frente a 24ª Delegacia de Vera Cruz.

De acordo com informações da polícia, o garoto foi morto após um desentendimento com uma colega da mesma idade. Na ocasião, o irmão da menor de 17 anos, com a ajuda de um comparsa de 16, teriam executado o garoto, que teria sido morto a facadas e pauladas.

Publicidade
Publicidade

A polícia informou que um dos menores envolvidos no #Crime foi preso na manhã da última segunda-feira (29), já  o rapaz de 17 anos entregou-se à polícia na terça-feira (30). Em seus depoimentos, os suspeitos confessaram o homicídio. O rapaz de 17 anos é suspeito de pertencer a um grupo de narcotraficantes.

Na ocasião, moradores locais, após serem informados de que os assassinos estariam prestando depoimento na delegacia de Vera Cruz, tentaram invadir o local. O princípio de tumulto logo foi amenizado por policiais civis com apoio da Polícia Militar. Também houve protestos pela morte do garoto, na rodovia estadual BA 01, onde um grupo de manifestante ateou fogo em pneus. Os protestos foram realizados na última segunda-feira (29), devido às manifestações, o trânsito teve que ser interrompido nos dois sentidos a fila no congestionamento chegou a mais de 10 quilômetros.

Publicidade

A região fica localizada próxima ao distrito de Gameleira, onde está situado um dos maiores terminais marítimos da Bahia, conhecido como o terminal marítimo de Bom Despacho. De acordo com informações, é lá de onde parte a maioria dos ferry boats, embarcações responsáveis por fazer o transporte de mercadorias entre as cidades de Itaparica para Salvador. Devido aos protestos pela morte de Jeferson, o terminal só voltou às suas atividades às 17h30, da tarde da última segunda-feira. Segundo informações do site iBahia, não foi possível entrar nem sair do terminal minutos antes. #assassinato #Casos de polícia