Na tarde desta terça-feira (06), no município de São Félix do Coribe, no oeste da Bahia, uma árvore, dentro da Escola Estadual Professor Valdir de Araújo foi atingida por um raio durante uma apresentação de dança de alguns estudantes. O episódio ocorreu na terça-feira (06) e só teve sua divulgação nesta quinta-feira (08).

De acordo com a direção da #Escola, os alunos se encontravam reunidos no pátio na área externa da escola, prestigiando as apresentações extracurriculares. Subitamente, sem que nada o fizesse prever, um raio atingiu uma árvore, deixando todos os alunos em pânico. Não houve vítima fatal. Uma aluna desmaiou, devido ao susto, e foi encaminhada ao hospital local, recebendo alta na quarta feira (7).

Publicidade
Publicidade

De acordo com relatos dos alunos, havia chovido muito antes do acontecido.

Por causa do raio, alguns materiais domésticos e elétricos da escola foram quebrados e danificados; a instalação foi toda comprometida deixando a escola com prejuízos materiais relevantes, tendo suas atividades suspensas.

Sobre os raios

Os meteorologistas informaram que foram registrados vários raios na região, sendo que alguns atingiram o solo. Alguns especialistas recomendam que, ao perceber um fenômeno climático com raios e trovões, é preciso tomar alguns cuidados:

  • Mantenha distância de árvores.
  • Evite usar celulares.
  • Se você estiver viajando, permaneça dentro do automóvel.
  • Em casa, permaneça longe de portas e janelas.
  • Não permaneça dentro d'água.
  • Não permaneça na chuva; busque refúgio no interior de edifícios.

As árvores, por serem altas, facilitam esse caminho por serem pára-raios naturais.

Publicidade

Segundo pesquisas, o #Brasil é campeão mundial de incidentes de raios, matando cerca de 100 pessoas e deixando 200 feridos por ano.

Imagens gravadas por um dos alunos mostram toda ação

As imagens da câmera de celular de um dos estudantes, que gravava a apresentação de dança do grupo da escola, mostram o exato momento em que o raio atinge a árvore. Na imagem é possível ver o clarão e o desespero dos adolescentes. Por pouco não atinge os estudantes que estavam sentados próximos a árvore. #Vídeo