A brutalidade de algumas pessoas contra crianças inocentes choca pelos seus atos. Em muitos casos, as vítimas nem têm como se defender das garras de criminosos e assassinos que agem com frieza na execução de seus planos ilícitos.

Nesse cotidiano de violência, um indivíduo foi preso pela polícia acusado de #Estupro de vulnerável na tarde de quarta-feira (18), na cidade de Itabuna, na zona sul da Bahia (BA). O homem, identificado como um trabalhador rural de 33 anos, é o principal suspeito de ter abusado sexualmente uma garotinha de apenas quatro anos.

Segundo informações repassadas pela polícia da cidade, o estupro aconteceu no domingo (15), na zona rural de Ribeirão Seco, local onde o suspeito e a vítima residiam.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a delegada Ivete Silva Santana, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), o suspeito tinha atraído a garotinha, oferecendo doces e balinhas. Em seguida, ele pegou a criança a força e a levou para uma residência abandonada. Ainda de acordo com a delegada, a casa estava fechada. O homem arroubou a porta e, já dentro da residência, a vítima foi violentada sexualmente pelo acusado.

Após cometer o crime, ele deixou a vítima na casa e evadiu-se do local. Conforme afirmação da delegada, o dono do imóvel viu a porta arrombada e decidiu averiguar o que tinha acontecido. Ao entrar na casa, ele se deparou com a vítima, que estava em estado de choque. Ele socorreu a garotinha, em seguida chamou os familiares da menina, relatando o que tinha acontecido. Diante da situação, os familiares foram até a delegacia da cidade registrar um Boletim de Ocorrência contra o acusado.

Publicidade

Uma equipe da polícia se deslocou até a residência do suspeito, que foi preso e encaminhado para a delegacia da cidade, onde prestou depoimento. Segundo o portal de notícias ‘G1’, a delegada Ivete Silva afirmou, na quinta-feira (19), que o acusado confessou o crime friamente e contou detalhe por detalhe como tudo aconteceu. A vítima foi levada para uma unidade médica da cidade.

Devido à gravidade dos ferimentos provocados durante o estupro, a menina teve que passar por uma cirurgia e teve que ficar internada no hospital. A direção da unidade médica não revelou o estado de saúde da vítima. O homem encontra-se preso no presídio de Itabuna (BA). #Investigação Criminal #Casos de polícia