Uma mãe, cansada de ver o seu filho fugir de sua residência para usar entorpecentes, tomou uma medida não muito aceitável aos olhos da sociedade. A mãe, identificada como Jocineia Santos Brito, usou uma corrente para prender o próprio filho, um adolescente de apenas 14 anos, que é viciado em crack, dentro de um quarto na residência onde mora. Entretanto, essa foi a única maneira que ela achou para evitar que o menino continue a usar o entorpecente. O fato foi registrado na cidade de Alagoinhas, no interior da Bahia (BH). Os familiares pedem ajuda para que o garoto saia do mundo das drogas.

Conforme informações repassadas pela mãe do adolescente, que é mãe de mais sete filhos, o adolescente parou de frequentar a escola e logo começou a usar #drogas. Ainda, de acordo com a mãe do jovem, ela começou a desconfiar do seu filho que estava envolvido com coisas erradas, quando dinheiro e alguns objetos de valor começaram a desaparecer de sua residência. Na época, o adolescente estava com apenas 12 anos.

Segundo informações repassadas pelo pai do adolescente, identificado como Joedson Conceição Santos, a esposa é dona de um estabelecimento comercial e todos os dias recebe várias reclamações de clientes e amigos relatando que o menino está praticando pequenos furtos para poder manter o seu vício. Um vídeo divulgado nas redes sociais por uma irmã do adolescente mostra com clareza o jovem deitado em uma cama, preso numa corrente presa à grade da janela da residência onde mora com seus familiares.

Nas imagens, gravadas por uma pessoa através de um aparelho de telefone celular, o jovem fica inquieto ao sentir falta da droga. Entretanto, após ficar dois dias acorrentado dentro do quarto, o adolescente, de algum jeito, conseguiu quebrar a corrente presa à grade da janela, e fugiu da residência. Aos prantos e sem saber o que fazer, a mãe do garoto faz um apelo pedindo ajuda para tirar o filho do mundo das drogas. Ela já está cansada de ver o filho sem fazer nada, sem estudar e teme que ele, a qualquer momento, seja assassinado. #Família