A expressão empurrar o lixo para debaixo do tapete é bastante usada pelos brasileiros. Isso foi o que o Governo da Bahia realizou nesta segunda-feira (6), ao inaugurar um Anel Viário ligando duas rodovias que cortam quatro dos municípios mais importantes economicamente para o estado. A BA 522, que corta as cidades de São Francisco do Conde e Candeias, e a BA 523, que liga Madre de Deus a São Sebastião do Passé, passando também nas duas primeiras cidades citadas.

Publicidade

Em São Francisco do Conde fica a Refinaria Landulpho Alves (RLAM), para chegar até a petrolífera, milhares de veículos pesados passam por dentro da cidade de Candeias, causando grandes prejuízos decorrentes dos engarrafamentos pela manhã e tarde. Então há muito tempo vem se cogitando a retirada deste tráfego de dentro da zona urbana do município. Agora os vários ônibus com funcionários da RLAM e caminhões carregados vão acessar o entroncamento de São Sebastião do Passé e seguir pela BA 523, até o desvio que fica antes do perímetro urbano de Candeias.

Pelas BAs 522 e 523 são escoados bilhões de reais, oriundos da produção de petróleos das cidades, conhecidas por fazer parte do Trevo do Petróleo. O detalhe alarmante é que, mesmo com tanta rentabilidade, as duas estradas causam problemas para todos. É possível ver buraco a cada metro destas rodovias, o mato atrapalha a visão dos motoristas, os animais na pista já contribuíram para o acontecimento de diversos acidentes com morte ou lesão grave aos envolvidos. Mesmo assim, o governador Rui Costa inaugurou os cerca de 8km ligando as #estradas sem fazer nenhum tipo de reparo.

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) informou que a obra foi feita através de uma parceria com a Petrobras e custou mais de R$ 24 mil. Em entrevista a uma rádio local, o governador Rui Costa deixou a entender que pode consertar o trecho da 523 que falta até chegar BR 324. Ele também não deixou claro se vai recuperar a 522 ou se vai apenas alargar a ponte próximo ao Trevo do Cinquenta, com a recuperação entre a 523 e a entrada do Anel Viário em São Francisco do Conde.

Para entrar e sair do Anel Viário é necessário fazer malabarismo em duas estradas totalmente acabadas. Seria como limpar a casa por dentro e deixar a sujeira na entrada. Isso é coisa do Brasil #Buracos