Um assassinato foi registrado por volta das 22 horas de domingo (5), na cidade de Itamaraju, no interior da Bahia (BH). A autora de ter cometido o #Crime foi identificada pela polícia como Sheila Santos Nunes, 31 anos. A vítima foi identificada pelas autoridades como Leandro Vieira dos Santos, de 24 anos, mais conhecido como “Léo Capeta”, que era vendedor de cosméticos e esposo da acusada. A mulher foi presa em flagrante pela polícia.

Segundo informações, o crime aconteceu após a acusada ter chegado em sua residência e ter flagrado o esposo com uma amante. Diante da situação, a suspeita começou agredir a #Amante do seu esposo.

Publicidade
Publicidade

Em seguida, entrou em luta corporal com a vítima, e desferiu alguns golpes com um objeto cortante contra o mesmo, que foi atingido na altura do pescoço, vindo a cair no chão onde ficou agonizando até a morte. O socorro foi acionado por vizinhos, mas quando chegaram à residência da vítima, ele já estava sem os seus sinais vitais.

A Polícia Militar (PM) foi acionada. Quando os policiais chegaram ao local informado, a cena do crime foi isolada para o trabalho da perícia. O corpo de Leandro foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), de Itamaraju, onde passou por todos os exames necessários e, logo após, foi liberado para os familiares para o sepultamento. A suspeita foi presa em flagrante e encaminhada para a delegacia da cidade. Segundo informações da polícia, Leandro foi atingindo pelo objeto cortante, no ombro, no pescoço e nas costas.

Publicidade

Conforme informações repassadas pela polícia, as suspeitas iniciais eram de que a acusada teria usado uma faca para assassinar o esposo, mas durante o seu depoimento, ela confessou que usou um prendedor de cabelo. Segundo ela, o objeto ficou na cena do crime. A amante também prestou depoimento, e foi liberada. Já a acusada foi autuada em flagrante por homicídio, e, em seguida, foi encaminhada para uma cadeia onde está à disposição da Justiça para tomar todas as medidas dentro da lei. Um inquérito foi aberto o caso está sendo investigado. #Casos de polícia