Crimes contra a honra sexual são muito comuns em todo o mundo. Mulheres acabam sendo molestadas por pessoas que deveriam, na verdade, cuidar delas. Foi o que aconteceu na cidade de Canarana, no Norte do estado da Bahia. Um homem de 37 anos acabou sendo preso nesta quinta-feira (20) acusado de um #Crime bárbaro. Ele, que já tinha cumprido "cana" por assassinar a sua ex-esposa em uma cidade vizinha, na cidade de Campo Formoso. Agora está sendo acusado de estuprar as próprias irmãs.

Homem estupra as duas irmãs e depois foge da cena do crime

O homem, que não teve o nome identificado, é acusado de cometer o crime contra as mulheres, que têm 61 e 65 anos.

Publicidade
Publicidade

Por serem mais velhas que eles, as mulheres não conseguiram lugar contra o agressor. A polícia, em contato com o portal de notícias G1, que noticiou o caso, falou que o suspeito já tinha sido preso anteriormente pelo crime contra a esposa e que, dessa vez, cometeu o ato bárbaro e condenável pela sociedade na segunda-feira (17). Após cometer o crime contra as irmãs idosas, o homem ainda teria fugido do local, com medo de ser preso.

Irmãs reconhecem estuprador: o próprio irmão, que nega ter abusado de familiares

Ao ser preso, o homem negou que tenha cometido um crime. Em entrevista ao G1, o delegado Alex Roxa, que é o responsável pela Delegacia da região, falou sobre o crime. Ele deu apenas as indicações de como aquele triste dia para as duas irmãs aconteceu. O homem, que foi criado com elas, acabou invadindo a residência das irmãs, que além de serem mais velhas, moram sozinhas.

Publicidade

Além disso, ao adentrar no local, ele forçou as mulheres a terem relações sexuais. Depois do estupro, ele preferiu sair da casa e fugir.

Idosas acabaram sendo socorridas e levadas para hospital

De acordo com o delegado do caso, sem o homem em casa, as mulheres conseguiram gritar por ajuda. Elas então receberam ajuda e foram levadas para um hospital da cidade. Ainda na terça-feira (18), as mulheres receberam alta e decidiram, juntas, prestar queixa contra o agressor. A polícia então investigou o caso e concluiu que o estupro pode mesmo ter ocorrido. Dessa maneira, o delegado solicitou a prisão preventiva desse irmão. Os agentes da lei fizeram buscas pelo homem na região e o prenderam nesta quinta, quando o caso ganhou repercussão.

Depois de ser ouvido, o homem foi encaminhado para a carceragem da Delegacia de Irecê, onde está à disposição da Justiça. Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante. #Investigação Criminal