Todo mundo sabe que 2014 foi um dos anos mais quentes, certo? Mas parece que 2015 ficou com "inveja" do título de 2014 e está tentando bater o recorde dele! O ano de 2015 chegou os termômetros nas alturas, e por esse motivo a procura meios de se refrescar está muito alta. Mas se você pensa que são só compradores que procuram por esses tipos de aparelhos, está redondamente enganado! Os ladrões estão também procurando por eles. No interior de São Paulo (Araçatuba) já houve 5 furtos e um roubo desses aparelhos. 

Araçatuba é uma das cidades do estado que mais está sofrendo com a onda de calor. Neste mês, os termômetros chegarão a 35° graus, e sensação térmica de mais de 40°C.

Publicidade
Publicidade

Ano passado só houve um incidente de furto de ar-condicionado em uma loja de eletrodomésticos. Segundo o delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) todas as ocorrências estão sendo apuradas. 

Alguns chegam a passar por situações absurdas! Nem o pronto-socorro escapou. Um homem fingiu passar por uma intoxicação por uso de drogas. Internado, estava sozinho em um dos quartos quando viu o aparelho de split, o pegou e saiu pela janela. O caso aconteceu em Jaú (SP). O homem era o autônomo Tiago Cardozo da Cruz, de 31 anos.

Só em Araçatuba, a oferta de ventiladores e ar-condicionado caiu em 50%. A procura foi tanta que agora está difícil encontrar uma loja que tenha esses tipos de aparelho. Além de todo o sufoco para ao menos encontrar os produtos para comprar, a instalação também não é das mais rápidas.

Publicidade

A espera pode chegar a semanas para que as empresas possam atender aos pedidos dos consumidores, que estão cada vez mais exigentes. 

Alternativas estranhas

Muitas pessoas recorrem a situações no mínimo "estranhas", como colocar lençóis no freezer, gelo na frente do ventilador, ir para a praia durante a noite, entre outros. É infinita a criatividade das pessoas quando a assunto é clima. Porém, não acaba por aí, além de estarmos com crise de falta d'água estamos começando a entrar em uma crise energética! Então, as pessoas que querem fugir do calor não têm por onde escapar, ou gastam água ou gastam eletricidade.