Na madrugada desta segunda-feira (26), um forte temporal atingiu a capital paulista e deixou diversas regiões em estado de atenção. Apesar da preocupação com enchentes e acidentes, o estado de atenção não durou muito. Por volta das três horas a situação na cidade já estava normalizada.

A chuva não atingiu a Zona Leste e deixou as zonas Oeste, Norte, Sul e Centro, marginais Pinheiros e Tietê em estado de atenção, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE). Nesta manhã, em decorrência da chuva, a cidade registrava dois pontos de alagamentos, ambos transitáveis. Três linhas do metrô, 1- Azul, 2- Verde e 3- Vermelha, circularam em velocidade reduzida até 5h30.

Publicidade
Publicidade

A chuva atingiu reservatórios de São Paulo e após 14 dias de quedas o nível do Sistema Cantareira se manteve estável nesta segunda-feira com 5,1%, mesmo nível registrado no dia anterior. O principal reservatório da Grande São Paulo não registra alta no nível desde o dia 26 de dezembro do ano passado e conta, hoje, com a segunda cota do volume morto.

Os reservatórios Alto Tietê e Alto Cotia tiveram queda de um por cento em relação à medição de domingo. O sistema Guarapiranga teve a maior alta, seguido por Rio Claro e Rio Grande. Desta forma, a situação dos reservatórios nessa segunda-feira é a seguinte:

Alto Cotia: Teve queda de 28,6% para 28,5%

Alto Tietê: Teve queda de 10,4% para 10,3%

Cantareira: Se manteve estável com 5,1%

Guarapiranga: Teve alta de 41,1% para 43,7%

Rio Claro: Teve alta de 27,3% para 27,4%

Rio Grande: Teve alta de 73% para 74%

Apesar da chuva forte dessa madrugada, a previsão do Grupo de Trabalho em Previsão Climática Sazonal do Ministério de Ciência e Tecnologia é de que as precipitações fiquem abaixo da média até abril desse ano.

Publicidade

Este resultado foi divulgado no último dia 16 em Brasília.

O Sistema Cantareira, maior prejudicado pela crise hídrica que atinge o estado, terminou 2014 sem conseguir recuperar os 492 bilhões de água. Em Janeiro de 2014 o sistema tinha 27,2% e terminou usando a segunda cota do volume morto que somavam 7,2%.