Depois do surgimento de boatos nos quais a Sabesp (Companhia Estadual de Saneamento Básico) se pronunciou sobre o rodizio de abastecimento de água em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin afirma que ainda não é certeza que a população passará por essa medida radical.

De acordo com a Sabesp, se o nível de chuva não aumentar para repor a água do Sistema Cantareira, o estado de São Paulo deverá adotar um rodízio que consiste em pelo menos cinco dias na semana sem cair água na casa da população.

O governador Geraldo Alckmin garante que estão buscando as melhores alternativas que reduzam o consumo de água, e que até mesmo dê bônus para os moradores que mais economizarem esse líquido precioso.

Publicidade
Publicidade

Uma das medidas em vista é a integração das represas Jaguari e Atibainha ao Sistema Cantareira, visando aumentar a capacidade de armazenamento de água para abastecer o estado de São Paulo.

Nesse mesmo contexto, foi informado também sobre a operação chamada redução da pressão, que consiste em diminuir a pressão da água nas tubulações. Talvez esse momento seja propício para uma indagação importante: essa pressão das águas nas tubulações que sempre existiu tinha o intuito de que? Chegar até a população de forma mais rápida ou aumentar a quantidade de água a ser usada para acrescentar ainda mais na conta?

Bem, a resposta fica a seu critério, mas vale salientar que essa redução era feita anteriormente no turno noturno já que o consumo de água era menor. Agora, está sendo feita tanto de dia quanto no período da noite.

Publicidade

Quando esse cenário de seca vai acabar, nós não sabemos. Só resta esperar que os projetos dos governos estadual e federal sejam logo colocados em prática. Mas é claro que não vamos esperar de braços cruzados.

Enquanto isso, vamos nos sensibilizar e nos conscientizar da importância de economizar água e lembrarmos também que a falta de chuva e o desequilíbrio do ciclo da #Natureza tem a ver diretamente com a falta de preservação do meio ambiente. Até porque, embora a gente não perceba, é a natureza que dita as nossas regras. #Governo