O Sistema Cantareira voltou a ter o mesmo índice que tinha no início de dezembro. As novas chuvas ocorridas nas últimas semanas renderam ao sistema 228,4 mm de água só em fevereiro, um bom sinal frente à média histórica registrada para o mês, que era de 199,1 mm. Segundo informações divulgadas pela Sabesp, o Cantareira opera com uma capacidade de 8,3%. Esse índice foi divulgado hoje (17), 0,5% a mais do que o registrado na segunda-feira (16) ,que era de 7,8%.

Atualmente, o Sistema Cantareira trabalha com a segunda cota do volume morto, água que é armazenada no fundo do reservatório, e que não era contabilizada para ser utilizada.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, 6,2 milhões de pessoas são abastecidas pelo Sistema - fazem parte da distribuição as zonas oeste, centro, leste e sul da capital paulista.

Além das chuvas, o que também deve ter contribuído para o aumento do índice do reservatório é que cerca de 2 milhões de carros saíram da capital paulista para passar o carnaval fora da cidade, cuja frota total de automóveis que trafegam é de 7,9 milhões, reduzindo assim a demanda doméstica por água. O manancial do Alto Tietê, que abastece 4,5 milhões de pessoas, também registrou um aumento na sua capacidade, passando de 14,6% para 15,2%, a água deste reservatório é distribuída para a parte leste da capital paulista e da Grande São Paulo.

Outro detalhe positivo das chuvas é que, no Alto Tietê, as médias históricas do mês de fevereiro também já foram superadas, apresentando hoje (17) cerca de 217 mm de precipitação pluviométrica em comparação com o esperado, que era de 192 mm.

Publicidade

O manancial de Guarapiranga, que é a represa com maior volume de operação, também registrou aumento, subindo 0,3 pontos em relação à segunda-feira (16), de 4,9% para 5,2 % hoje. Cerca de 5,2 milhões de pessoas recebem água deste manancial, na zona sul e sudeste da capital paulista.

Além dos reservatórios citados anteriormente, o Alto de Cotia também apresentou um aumento de 0,2%, operando hoje com 34,7%. Cerca de 400 mil pessoas recebem água deste manancial. Rio Claro, reservatório responsável por levar água a 1,5 milhão de pessoas, opera hoje com 33,2% em comparação com o índice de segunda-feira, que era de 32,8%.

A Sabesp também divulgou o índice do reservatório Rio Grande, que conta hoje com uma capacidade de funcionamento de 82%, comparativamente ao que tinha ontem, que era de 81,1%. Cerca de 1,5 milhão de pessoas recebem água por este manancial.

A Sabesp atualiza as informação diariamente, a cada 24 horas, sendo das 7h às 7h.