Na última quarta feira, por volta das 13h30, uma senhora de 26 anos, gestante de nove meses entra em trabalho de parto em via pública pela Avenida Santos Dumont em Santo André, até então seria algo do cotidiano se não fossem pelas circunstâncias ocorridas durante o parto.

Os bombeiros do Resgate são acionados e, ao chegarem ao local, o Cabo Ednei Fernando na função de Comandante, acompanhado do Cabo Amador, como auxiliar, e Soldado Figueiras, como motorista do Resgate 08118, observam que a parturiente está entrando em trabalho de parto e que o nascimento terá que ocorrer no local, pois não há tempo para chegar ao hospital.

Publicidade
Publicidade

A assistência do parto inicia-se, porém com complicações, onde a recém nascida apresenta dificuldades para vir ao mundo, com o cordão umbilical enrolado no pescoço e pinçamento do fluxo do sangue pelo cordão, complicação esta que gerou dificuldades respiratória a recém nascida.

A criança ao nascer com o cordão umbilical enrolado no pescoço pode sofrer consequências a curto e longo prazo, podendo ter complicações como paralisia cerebral, ou até sendo levada a óbito, o atendimento nestes casos deve ser preciso.

Estima-se que cerca de 5 entre 1000 nascidos vivos, sofrem com a paralisia cerebral em decorrência a problemas de precariedade no parto, os sintomas variam de pessoa para pessoa, mas no geral afetam o desenvolvimento motor e cognitivo.

Depois de 40 minutos de complicação a equipe usando de todo o seu conhecimento técnico e experiência profissional, empregando os procedimentos com muita habilidade técnica e destreza, liberam o cordão umbilical e a recém nascida então vem ao mundo, mas ainda com dificuldade respiratória. Com elevado grau de profissionalismo a equipe aspira e limpa as vias aéreas, estimula o choro e administra oxigênio.

Parto realizado com sucesso pela equipe, mãe e filha levadas ao Hospital da Mulher de Santo André, passam bem.

A garotinha, que recebeu o nome de Luiza, não apresenta complicações decorrentes ao parto devido à agilidade prestada pela equipe.