Nessa quarta-feira (4), aumentou o número de casos e mortes confirmadas por dengue no interior de São Paulo. Em Sorocaba, que apresenta o caso mais agravante da região, já são oito mortes diagnosticadas, segundo relatório divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde. Na cidade em questão, o número de mortes aumentou mais de 100% em uma semana (de 4.030 para 8.693).

Como medidas preventivas, a prefeitura vem reduzindo o intervalo da coleta de lixo, de modo a evitar a criação do mosquito transmissor, e anunciou a instalação de novas estruturas para receber exclusivamente pessoas com os sintomas da doença. No entanto, devido à lotação, o exame de sangue para sorologia, que é rotineiro nesse caso, passará a ser realizado por amostragem.

Publicidade
Publicidade

Em toda região do interior do Estado, o número de casos confirmados já chega a 60. Nove cidades já reconheceram a gravidade da epidemia que cresce na região, havendo declarado emergência; as mais recentes declarações, públicas nessa quarta-feira, foram de Tanabi e Neves Paulista, ambas na região de São José do Rio Preto.

Além destas, e da própria Sorocaba, estão na mesma situação Catanduva (primeira a declarar emergência, com quase 900 casos já confirmados), Guararapes, onde três mortes já foram atribuídas à dengue, Ubirajara, Paraguaçu Paulista, Penápolis e Limeira. Casos suspeitos também já estão sendo estudados em Marília, Araras e Araraquara. Norte e noroeste são as regiões do Estado mais afetadas até o momento.

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, em função do combate à doença, enviou equipamentos e agentes da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) para 28 cidades que já atingiram o grau epidêmico da dengue.

Publicidade

A prevenção doméstica deve ser reforçada: manter a caixa d'água sempre fechada, esvaziar garrafas e xaxins, guardar pneus sempre secos e em locais cobertos, que evitem o acúmulo de água, e deixar resíduos ensacados para a coleta, visto que o lixo é local de proliferação do mosquito transmissor da doença, Aedes Aegypti.