Moradores das cidades da Baixada Santista que esperam, ansiosos, pela realização dos concursos públicos municipais têm uma boa notícia: a Prefeitura Municipal de Santos, através do Secretário Municipal de Gestão, Fábio Ferraz, tornou pública a previsão de realização de um concurso público ainda no segundo semestre deste ano.

Apesar de não esperada por muitos, a medida tem explicação: o intuito das novas contratações através deste certamente é a diminuição das contratações em caráter emergencial, possibilitadas pela Lei 650/90, que autoriza a contratação de colaboradores avulsos, sem a necessidade de concurso público.

Segundo Fábio Ferraz, o concurso visa a contratação de servidores para todos os setores da Administração Pública, com ênfase para a área da Educação e Serviços.

Publicidade
Publicidade

Apesar da definição do setores que participarão do processo, ainda não foram definidos os cargos: a Prefeitura, em parceria com as secretarias específicas, está estudando a necessidade de novos colaboradores em cada um dos departamentos. O Secretário mencionou alguns cargos que podem participar do concurso: professores, motoristas e pintores fazem parte da relação.

Números do Funcionalismo Público Santista

Nos últimos 20 anos, cresceu o número de funcionários públicos em regime estatuário no município: hoje, são 12.141. Há 20 anos, eram 3.858. A partir de 2013, foram registradas 1.613 contratações - direcionadas à substituição de servidores exonerados e aposentados.

O número de postos de #Trabalho abertos na Prefeitura Municipal de Santos em 2014 também merece destaque: em 24 cargos foram disponibilizadas 426 oportunidades, sendo grande parte para o setor de segurança, em especial na Guarda Civil Municipal.

Publicidade

Outras situações, como o crescimento do número de escolas, também foram responsáveis pelo aumento no número de contratações ao longo dos últimos anos.

Quanto às contratações emergenciais, a ideia é que sejam cada vez mais reduzidas, como já vem acontecendo, segundo o secretário. Atualmente, a Prefeitura conta com 538 contratos emergenciais: muitos já não estão sendo renovados.

O lançamento do edital, ainda neste ano, suprirá tanto as necessidades da Administração Municipal quanto dos próprios moradores - de toda a região - que buscam por boas oportunidades de emprego, quem sabe com a satisfação gerada pela estabilidade de um cargo público. #Vagas