Em Itapecerica da Serra, cidade da região metropolitana de São Paulo, a  jovem Larissa Gabrielle, de 18 anos, foi atacada e morta a facadas por Leandro Godolfredo Garcia, seu padrasto, nesta terça-feira (25). O #Crime aconteceu no bairro Potuverá, dentro da  casa onde moravam, quando o mesmo chegou embriagado.

Segundo informações da família, Larissa Gabrielle morava em Minas Gerais com a mãe até os 12 anos. Quando sua mãe faleceu, a menina continuou morando com o padrasto, mas em Itapecerica da Serra (SP).

De acordo com o delegado Vitor de Jesus, o motivo do crime foi que o pai não aceitou o baixo rendimento escolar de Larissa Gabrielle.

Publicidade
Publicidade

Após o homicídio, ele escreveu uma carta dizendo que esse era o motivo do crime, tentando em seguida o suicídio. A policia foi chamada por vizinhos e conseguiu levar o assassino, ainda com vida, para o Hospital Geral de Itapecerica, onde encontra-se internado.

O criminoso foi preso em flagrante e está sendo escoltado por policiais no hospital. Ele vai responder processo por homicídio doloso com agravantes de não dar chance de defesa a vítima. Leandro disse aos policiais que está arrependido .

Segundo jornal na net.com, Larissa Gabrielle era aluna da #Escola Estadual Salvador de Leone e cursava o 3º ano do ensino médio. Um funcionário, que não quis ser identificado, disse que não acredita que o motivo do crime fosse o desempenho de Larissa na escola. Segundo ele, a estudante tirava boas notas e era uma aluna exemplar.

Publicidade

O funcionário destacou também que a menina nunca relatou na escola problemas de convivência com o padrasto.

"Quase não tínhamos contato com ele. Raramente participava das reuniões escolares e nos documentos dela não consta nome do pai. Era uma menina muito alegre e contagiante", afirma o funcionário.

A delegacia de polícia de Itapecerica da Serra, responsável pelas investigações do caso, informou que as testemunhas serão ouvidas hoje (27) e que a investigação vai continuar para apurar o real motivo do crime. As informações ainda não estão claras. Vizinhos afirmam que Leandro estava incomodado com o comportamento da enteada.

Leia também:

http://br.blastingnews.com/sao-paulo/2015/07/hospital-9-de-julho-abre-vagas-para-estagio-e-emprego-efetivo-00487689.html 

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/08/menor-e-violentamente-assassinada-depois-de-se-encontrar-com-o-amigo-virtual-do-facebook-00507243.html #Casos de polícia