Na principal artéria da capital paulista, Avenida Paulista, fica a Casa das Rosas que receberá no dia 07 de novembro de 2015 a exposição titulada “Um corpo estranho” que comemora os 100 anos da publicação do livro “A metamorfose”, escrito por Franz Kafika.

A estrela do evento é a obra “A metamorfose”, que promete roubar a cena na exposição que tem como objetivo retratar a vida e obra de Franz Kafika, escritor Tcheco reconhecido por sua originalidade em temas e formas de suas obras. Além desta obra, Kafika também escreveu “Carta ao Pai” que retrata uma carta de um filho a seu pai contando coisas que talvez pessoalmente não teria coragem de contar.

Publicidade
Publicidade

Fique Ligado

Para quem ao conhece a obra de Kafika, pode ficar surpreso com a forma que ele aborda temas polêmicos com o uso de metáforas que tragam o leitor para dentro da história. Muitos acreditam que “A metamorfose” é uma obra asquerosa, por ser uma narrativa do personagem principal, Gregor Samsa, no qual relata acontecimentos que partem de uma manhã, que ao acordar percebeu-se metamorfoseado em um inseto que causa pavor em muitas pessoas, uma barata. Mas na realidade o que Kafika, escreveu é uma metáfora bastante complexa e que revela sentimentos humanos dos mais diversos dentro de uma linha de tempo perfeita.

Onde e quando?

Local da Exposição: Casa das Rosas – Av. Paulista, 37 – Bela Vista -  São Paulo – SP

Obs: estação de METRO mais próxima é a Brigadeiro(Linha 2 – Verde)

Valor: Entrada Gratuita.

Publicidade

Data: Sábado 07 de Novembro as 10:00hs.

Vale a pena conferir esta exposição, pois o visitante é imerso ao meio de sonorização, esculturas, gravuras, ao mundo estranho das obras de Kafika, para que sinta, não só através da imaginação como quando se lê um livro, mas também através de outros sentidos. Viver o mundo estranho deste autor é a principal proposta para a exposição, e através dos sentidos será possível conhecer melhor o escritor e compreender sua obra. Nos #Livros de Kafika, as narrativas são tão envolventes que o leitor acaba confundindo realidade com fantasia, e é exatamente isto que "um corpo estranho" propõe. #Cinema #Expo