A criminalidade é sentida por todos nas grandes cidades. Em tempos de crise, a sensação da violência pode ser sentida especialmente em algumas regiões. E não tem classe social, sexo ou idade, todo mundo pode ser refém dos criminosos. A vítima da vez foi uma figura conhecida dos paulistanos, o apresentador Ronnie Von. Aos 71 anos de idade, ele passou por verdadeiros momentos de terror com sua família na madrugada desta segunda-feira, 14. 

O profissional da Gazeta saía de um evento com sua mulher Cristina. O destino de Ronnie era sua residência, mas a volta para a casa teve um desfecho surpreendente. De acordo com uma comunicado da assessoria de imprensa de Ronnie, o casal foi abordado por criminosos que estavam em outro veículo.

Publicidade
Publicidade

Ao anunciarem o assalto, os bandidos pediram que o apresentador e sua esposa deixassem o carro, uma BMW. Já fora do automóvel, os meliantes roubaram celulares, documentos e cartões de crédito. 

Casal é deixado na rua e passa a noite em delegacia para registro de crime

Depois do assalto, o casal recebeu a ajuda de desconhecidos e foi levado até a delegacia, onde passou o resto da madrugada registrando a ocorrência. A polícia civil investiga o caso. Não foi informado o valor dos bens roubados. Em um desabafo, Ronnie Von mostrou-se muito decepcionado com o que acontece em nosso país, especialmente sobre a falta de segurança. Ele disse que ficou muito agoniado e com medo, já que sua esposa estava no volante, demostrando assim que temia pela reação dela e também dos criminosos. 

Falta de liberdade é sentida em São Paulo

Para Roonie o país está sendo acabado pelo descaso que atinge as ruas.

Publicidade

"Não temos mais o direito de ir e vir", continuou ele ao falar sobre os momentos de tensão que viveu. Von revelou ainda que ficou triste pelos bens que foram levados pelos bandidos, mas ao mesmo tempo aliviado porque nada pior aconteceu com ele e com sua esposa. Para encerrar, a vítima do #Crime disse que está muito difícil ter que lidar com a violência das grandes cidades. #Investigação Criminal