Após 23 anos de história em São Bernardo do Campo, município da região metropolitana de São Paulo, a fabricante de bebidas Bacardi anunciou o encerramento de suas atividades no próximo mês de março. Cerca de 50 funcionários serão demitidos. O restante do quadro será transferido para o escritório da empresa na capital paulista. 

A fábrica abrigava importantes departamentos, como vendas, marketing e tecnologia da informação, e também era responsável pelo envasamento e distribuição na região do Grande ABC. O rum que leva o nome da companhia, e é produzido em diversos sabores, continuará sendo vendido no país. 

A história da Bacardi em São Bernardo começou quando a empresa adquiriu a Martini, que operava desde 1958 no bairro do Rudge Ramos. Entre os motivos para o fechamento da unidade, estão os altos custos e as complicações com a logística da região, principalmente por se tratar de um bairro residencial.

Publicidade
Publicidade

A empresa também mantém uma fábrica no Recife e parte da produção será transferida para aquela cidade. 

Em entrevista ao jornal ABCD Maior, o secretário de desenvolvimento Hitoshi Hiodo informou que está em contato com outras empresas interessadas em ocupar o espaço. A prefeitura quer que o local continue sendo utilizado para gerar empregos e não há planos para desapropriação. 

São Judas Tadeu

Conhecido como o "santo das causas impossíveis", o nome de São Judas Tadeu não foi suficiente para manter aberto o histórico restaurante da família Demarchi. O fechamento causou comoção nas redes sociais e despertou a atenção de importantes veículos de comunicação, como a revista Veja e o jornal Folha de S. Paulo que fizeram reportagens a respeito da história do local. A repórter da Folha, Magê Flores, fez extensa reportagem na qual entrevistou políticos e personalidades que frequentaram o local. As franquias de Jundiaí e do shopping São Bernardo Plaza, assim como o também tradicional restaurante Florestal, continuam abertas mantendo viva a tradicional receita de frango da Dona Santa Demarchi, matriarca da família.

Publicidade

#Negócios #Desemprego