Nas últimas semanas, São Bernardo do Campo virou o foco das atenções na chamada Operação Lava-Jato, que investiga o pagamento de propinas, corrupção e outros esquemas envolvendo políticos, empresários e instituições públicas. 

A #Polícia Federal realizou buscas na cidade do Grande ABC, atendendo a 15 mandados de apreensão, outros 6 de prisão temporária e mais 2 de condução coercitiva, que envolveram também a capital paulista e Joaçaba, em Santa Catarina. Os alvos da PF incluíam a cooperativa Bancoop e a construtora OAS.

Entre as conversas recorrentes sobre as investigações, o nome do ex-presidente #Lula é citado a todo instante, e diversos questionamentos são feitos sobre seus rendimentos e bens adquiridos durante e após os seus dois mandatos como chefe maior do Executivo. 

De acordo com a declaração de bens feita à Justiça Federal, quando foi candidato pela última vez em 2006, Lula informou que possuia três apartamentos em São Bernardo do Campo, sendo uma cobertura no Condomínio Green Hill, localizado no número 1501 da avenida Prestes Mais, na região central da cidade, e outros dois apartamentos no Edifício Kentucky, na avenida Getúlio Vargas, no bairro Baeta Neves. 

Naquele ano, conforme registrado, os apartamentos do Baeta valeriam cerca de R$ 38 mil cada, enquanto que a cobertura na Prestes Maia teria sido adquirida por R$ 189 mil.

Publicidade
Publicidade

Lula ainda seria dono de um terreno no Riacho Grande com valor aproximado de R$ 5 mil. 

Em reportagem publicada pelo site Congresso em Foco à época, um corretor de imóveis foi consultado e opinou a respeito dos valores declarados pelo ex-presidente. Segundo o profissional, teria havido um certo "exagero" na avaliação, pois os valores estariam além da realidade do mercado imobiliário de São Bernardo, um dos mais valorizados na região metropolitana nos últimos anos. 

Para o corretor, o preço pago pelos apartamentos do Baeta, por exemplo, corresponderiam ao valor de uma quitinete na cidade em bairros mais afastados, o que não seria a realidade do Edifício Kentucky.